ALTERNATIVAcom defende debate da reorganização das freguesias antes das eleições autárquicas

2020-10-12

O ALTERNATIVAcom - Movimento Autárquico Independente, emitiu um comunicado sobre a Reorganização Administrativa do Território das Freguesias onde afirma que “após refletir sobre as vantagens e desvantagens do modelo atual, entende que o debate sobre a reorganização administrativa do território das freguesias deve ser reaberto”.

Para o Movimento, a discussão deve ser feita “antes da realização das próximas eleições autárquicas, em 2021”, avançando que “considera que este debate deve ser realizado com absoluto respeito pelos mais profundos sentimentos dos cidadãos, confrontando-se os diferentes pontos de vista com a maior racionalidade, fundamentação e civilidade. No final deverá prevalecer, acima dos interesses pessoais ou setoriais, o bom senso e o bem comum, preparando-se os territórios e as populações para os desafios de um futuro inevitavelmente diferente e mais exigente”.

“A finalidade deverá ser, pois, a de reforçar os órgãos autárquicos, otimizar a gestão do território, melhorar os serviços de proximidade, utilizar os recursos com parcimónia e defender ou mesmo recuperar as conquistas sociais das comunidades locais. Neste sentido, o movimento ALTERNATIVAcom defende como base de trabalho a desagregação das freguesias de Alferrarede, Rossio ao Sul do Tejo e S. Miguel do Rio Torto, e uma nova agregação das freguesias com poucos habitantes, a fim de lhes proporcionar escala, eficiência e capacidade de intervenção”, lê-se no comunicado.

Recorde-se que o Governo pretende rever o mapa das freguesias mas o Presidente da República já fez saber que não vai aceitar mexer na revisão do mapa de freguesias antes das próximas eleições autárquicas. Segundo avançou o jornal Expresso, “se o Governo pretender avançar com alterações ao mapa administrativo do país antes de outubro do próximo ano, terá a oposição de Marcelo Rebelo de Sousa”.

"Não se muda a organização administrativa do país em vésperas de autárquicas", disse, citada pelo jornal, fonte da Presidência.