ALTERNATIVAcom apresenta-se: “O nosso partido é Abrantes”. Vasco Damas é o candidato à Câmara (com áudio)

Política 2019-11-11

“Informamos os abrantinos que começamos hoje a construir uma alternativa autárquica independente que proporcione aos cidadãos de Abrantes, daqui a cerca de 2 anos, uma escolha credível e preferencial nas eleições autárquicas de 2021. Anunciamos assim formalmente a criação do movimento autárquico independente ALTERNATIVAcom”.

Foram estas as palavras com que Vasco Damas deu a conhecer a candidatura do ALTERNATIVAcom à Câmara Municipal de Abrantes nas eleições Autárquicas de 2021.

O movimento independente apresentou-se esta segunda-feira, em Abrantes, e tem em Vasco Damas a primeira cara e voz do projeto. Mas a acompanhá-lo, tem “o núcleo deste movimento”: Ana Gomes, arquiteta, João Pedro Céu, professor, José Rafael Nascimento, professor do ensino superior politécnico e Rui André, técnico de reinserção social e presidente da Junta de Freguesia de Rio de Moinhos.

Quanto à equipa, Vasco Damas referiu que “este núcleo fundador é composto por pessoas com currículos e carreiras profissionais, passe a imodéstia, de mérito, que sabe de política mas nunca viveu da política. Temos formação, conhecimento e experiência que agora colocamos ao dispor dos abrantinos”.

O candidato referiu-se ao movimento dizendo que “o nosso partido é Abrantes e o nosso movimento guia-se pelos mais nobres princípios éticos e democráticos, procurando conjugar, transversalmente, todas as sensibilidades do espectro político-ideológico”.

“Fica assim claro que este movimento é independente dos partidos, embora respeite e valorize a existência e a representatividade democrática de todos os partidos, com quem queremos dialogar com franqueza e lealdade. Procuraremos convergir para soluções locais tão consensuais quanto possível, sem deixarmos de definir prioridades, tomar posições claras e fazer as escolhas necessárias”, explicou.

Quanto à “missão” que os move, a cara do ALTERNATIVAcom disse terem “dois grandes desígnios para o nosso município: a Democracia e o Desenvolvimento. Uma Democracia ética, aberta, participada, em que todas as opiniões contam, incluindo as discordantes, sem medos, nem condicionamentos. E o Desenvolvimento – económico, social, cultural e ecológico – que seja abrangente, sustentável, harmonioso, com oportunidades e benefícios para todos”.

 

A candidatura agora apresentada por parte do ALTERNATIVAcom “não é uma candidatura contra ninguém”, afirmou Vasco Damas. O candidato assegurou que “a nossa motivação é o bem comum de Abrantes e dos abrantinos, ou seja, da nossa terra e da nossa comunidade, da cidade, das freguesias urbanas, das freguesias rurais, dos que pensam mais à esquerda, ao centro ou à direita”.

“Tomámos a decisão de nos disponibilizarmos para servir Abrantes e os abrantinos, e criámos este movimento independente, depois de uma profunda reflexão sobre a situação política, económica, social e cultural do concelho. Preocupa-nos os atrasos e os declínios observados no nosso município, assim como a ausência de dinâmicas cívicas e democráticas”, explicou Vasco Damas.

Vasco Damas, lembrou ainda que esteve presente com regularidade na comunicação social local, desde 2010 na Antena Livre e mais recentemente no mediotejo.net, e justificou a sua candidatura à frente do ALTERNATIVAcom por ter percebido “que a minha responsabilidade social tinha aumentado”. Esclareceu depois que “durante este período tive a oportunidade de ir partilhando alguma da minha desilusão em relação a algumas opções ou gestão de prioridades de quem gere ou tem gerido os destinos do concelho e devido a esta postura, com alguma frequência fui ouvindo que era mais fácil falar do que fazer”.

“Sinto assim que este é o momento certo para avançar com uma candidatura à Câmara de Abrantes porque acredito nas minhas competências e se não o fizesse ou se não demonstrasse a coragem de avançar neste momento perdia alguma legitimidade para continuar a denunciar aquilo que na minha opinião não está bem ou que pode estar melhor”, confessou Vasco Damas.

Questionado pelo momento da apresentação do ALTERNATIVAcom, a dois anos das eleições autárquicas, o candidato explicou que o tempo que falta irá servir “para podermos preparar, com tempo, rigor e seriedade, uma alternativa de confiança e vencedora. Queremos também que os abrantinos tenham tempo para nos conhecer, de conhecer as nossas ideias e de contribuir com as suas sugestões para o nosso/vosso projeto”.

Garantiu ainda que “em todos os momentos seremos sempre transparentes e neste momento afirmamos que este é um projeto para durar o tempo que os abrantinos quiserem e desejarem mas assumimos e garantimos que, ao contrário de projetos efémeros do passado, nós viemos para ficar”. E exortou os abrantinos a que “contactem-nos, conversem connosco, conheçam-nos e contribuam com todo o vosso saber e experiência, seja integrando o movimento, seja participando e contribuindo nas diversas iniciativas públicas que irão ser realizadas ao longo dos próximos 2 anos”, pois, como avançou, “queremos também inverter a prática dos últimos anos e temos todo o interesse em ouvir a opinião dos cidadãos”.

Vasco Damas reconheceu estarem “conscientes das dificuldades que temos pela frente porque conhecemos a inclinação sociológica do concelho, resultado dos interesses cruzados que o interligam”. Mas afirmou que “se fosse fácil não seria certamente para nós e é por isso que a assinatura do nosso movimento pretende devolver a confiança aos abrantinos”, argumentando que “esta é uma missão possível”.

No final, o candidato garantiu que irão “trabalhar para conquistar o melhor resultado possível e a vitória nas eleições estará permanentemente no nosso foco”. No entanto, acrescentou que, “independentemente desse resultado, ao assumirmos com coragem e com todas as dificuldades que se nos vão deparar de hoje em diante, ao construirmos esta alternativa, acabámos de oferecer a primeira vitória ao concelho de Abrantes”.

Quanto às restantes vitórias que poderão vir a ser alcançadas, Vasco Damas afirmou que “dependerão do nosso trabalho, da nossa competência, da qualidade do nosso projeto e, como é óbvio, da vontade e do reconhecimento de todos os abrantinos”.

Está assim lançada oficialmente a candidatura do movimento autárquico independente que irá apresentar-se a eleições para a Câmara Municipal de Abrantes nas próximas Autárquicas.