Torres Novas: Clã, Noiserv, Rodrigo Leão, Expensive Soul no Teatro Virgínia

2020-09-22

O Teatro Virgínia, em Torres Novas, reabre sábado, com uma programação que inclui Clã, Noiserv, Rodrigo Leão, Expensive Soul e que resulta de um reagendamento de espetáculos cancelados devido à covid-19 e de algumas novidades.

Em comunicado, a Câmara de Torres Novas (Santarém) anunciou a abertura da venda de bilhetes a partir de hoje à tarde, para uma programação que seguirá “todas as recomendações da Direção-Geral da Saúde”.

A temporada de setembro a dezembro abre sábado, com “Gelosia", uma performance conjunta do Atelier Teatral dos Miúdos e Grupo de Teatro Juvenil do Virgínia que explora o espaço público e propõe um cruzamento entre a obra do poeta Mário de Sá Carneiro e o património da cidade de Torres Novas.

Outubro começa com “Bicicleta da República”, um espetáculo atelier destinado às crianças e criado por Suzana Branco para as comemorações dos 100 anos da Implantação da República, com sessões programadas para os dias 02 e 03.

Os Clã apresentam o seu novo álbum, “Véspera”, lançado "em pleno confinamento com novas canções que agora ganham corpo e músculo em palco”, no dia 10 de outubro, afirma a nota.

No dia 13 de outubro, uma terça-feira, o multi-instrumentista Noiserv apresenta “Uma Palavra Começada por N”, um “tom mais confessional que os registos anteriores”, num espetáculo de entrada gratuita (levantamento prévio de bilhetes, com limite de dois por pessoa) que assinala os 15 anos da remodelação do atual edifício do Teatro Virgínia.

Para dia 17 de outubro está agendada a peça de teatro “Alma”, de Tiago Correia, um espetáculo “sobre a juventude, a solidão e a possibilidade de confiança na amizade e no amor”, seguindo-se, dia 24, a Companhia Erva Daninha com o espetáculo de circo contemporâneo “Por Um Fio”, num convite a “repensar o valor da confiança” e a importância da “presença no momento presente”.

Assinalando os 64 anos do atual edifício do Teatro Virgínia, no dia 27 de outubro, Tiago Bettencourt apresenta uma ‘listening party’, um concerto num formato intimista limitado a apenas 50 pessoas (bilhetes obtidos em passatempos nas suas redes sociais).

No último dia de outubro, Carlos Coutinho Vilhena e João André protagonizam “O Resto da Tua Vida”, um espetáculo “entre teatro e ‘stand up comedy’”.

Em novembro, o Virgínia receberá a estreia da peça “A Cantora Careca”, de Eugene Ionesco, pelo Teatro Maior de Idade (dia 07), a apresentação do novo álbum de Rodrigo Leão, “O Método” (dia 14), a nova criação de Victor Hugo Pontes (dia 21) e o espetáculo de Adriana Calcanhoto, que apresentará dia 27 o novo disco “Margem”.

Dezembro abrirá com a peça de teatro “Wake Up”, de António Afonso Parra e Luís Araújo, a partir de “Wake Up And Smell The Coffee”, de Eric Bogosian, no dia 05, seguindo-se, nos dias 11 e 12, “Mininu”, uma peça de teatro para crianças.

A temporada termina dia 19 de dezembro com o concerto dos Expensive Soul.

Lusa