Músico guineense Mory Kanté que cantou sucesso «Yéké yéké» morreu aos 70 anos

2020-05-22
Mory Kante (DR)
Mory Kante (DR)

O cantor e músico guineense Mory Kanté, conhecido pelo sucesso mundial “Yéké yéké”, na década de 1980, morreu hoje aos 70 anos num hospital de Conacri, após doença prolongada, anunciou o filho.

Mory Kanté, apelidado de “riot elétrico”, ajudou a popularizar a música africana e guineense em todo o mundo.

Lançado em 1987, “Yéké Yéké” vendeu milhões de cópias e chegou ao topo das tabelas em muitos países.

Mory Kanté faleceu “por volta das 09:45 desta manhã no hospital sino-guineense”, disse o seu filho.

“Ele sofria de doenças crónicas e viajava frequentemente para França para tratamento, mas com o coronavírus já não era possível”, acrescentou.

“Vimos o seu estado deteriorar-se rapidamente, mas de qualquer forma fiquei surpreendido porque ele já tinha passado por momentos muito piores”, avançou.

Em 1988, Mory Kanté atuou em Portugal, durante a Festa do Avante.

Lusa