Plano Estratégico de Desenvolvimento da Educação avança em Sardoal

Educação 2019-03-15

Pedro Rosa, vereador da Educação na Câmara de Sardoal 

O Plano Estratégico de Desenvolvimento da Educação no Médio Tejo (PEDIME), promovido pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo em estreita articulação com os 13 Municípios, irá proporcionar um conjunto de projetos educacionais diferenciadores no concelho de Sardoal.

O assunto foi abordado na última reunião de Câmara de Sardoal, realiza na quarta-feira, na qual Carlos Duarte, vereador da oposição do PS, deixou um elogio ao PEDIME e ao conjunto de ações que serão concretizadas junto da comunidade escolar sardoalense.

Pedro Rosa (PSD), vereador com o pelouro da Educação, explicou que, essencialmente, o PEDIME “tem como objetivo o combate ao abandono escolar precoce e a promoção do sucesso educativo”, tendo duas componentes: “uma componente de execução municipal e uma outra de execução intermunicipal”.

Entre as várias iniciativas previstas, encontra-se a realização de vários projetos que passam pelo “combate ao abandono escolar precoce, que embora a nossa comunidade até tenha uma percentagem abaixo da média, prevê-se que seja possível baixar ainda mais essa média”.

A titulo de exemplo, Pedro Rosa referiu o projeto “Educação pela Arte”, “que pretende colocar as artes de palco ao serviço da promoção do sucesso educativo”. Portanto, “numa tentativa de encontrar diferentes estratégias que permitam que os alunos também ganhem outras competências, de modo, a terem outra visão da escola e para que se sintam motivados para as práticas letivas, como é o caso da leitura, da escrita ou até para a matemática e as ciências”.

A nível intermunicipal são vários os projetos, que vão desde o trabalho com as bibliotecas municipais “que se vão colocar ao serviço da promoção do sucesso escolar”, através de peças de teatro ligadas às leituras de referência do Plano Nacional de Leitura.

Pedro Rosa fez ainda referência ao programa de “Promoção do Sucesso Escolar no Médio Tejo – A Correção de Problemas de Acuidade Visual e Auditiva” e o “Experimenta mais Ciência, que irá materializar nos laboratórios de Sardoal a criação de um laboratório de ciências para o 1ºciclo”.

Outra novidade do PEDIME é a entrega de 24 tablet`s devidamente capacitados aos alunos do Jardim de Infância, que lhes vai permitir utilizar “uma ferramenta inovadora”.

As aplicações estão pensadas para, de uma forma lúdica, introduzir as bases que permitam uma aquisição muito mais fácil dos conteúdos. Foram aplicações desenvolvidas de propósito a pensar nos nossos alunos e nas nossas crianças”, explicou.

Este conjunto de 24 tablet`s vão estar em permanência no nosso Jardim de Infância do Sardoal. Depois, teremos de pensar que alguns destes equipamentos terão de ir também para o Jardim de Infância da Presa”, fez notar o responsável, referindo que “este é um trabalho que vamos deixar ao cuidado do Agrupamento de Escolas, onde iremos fazer o seu acompanhamento”.

O custo da colocação dos 24 tablet`s em Sardoal é de cerca de 11 mil euros, tendo o Município uma comparticipação direta de cerca de 1.600 euros.

Quanto à implementação do PEDIME no concelho, Pedro Rosa lembrou que alguns projetos já arrancaram, sendo que outros aguardam a “receção de materiais”. A expetativa é que no próximo ano letivo os vários projetos estejam a decorrer a 100%.