Pesquisar notícia
domingo,
16 mai 2021
Educação

Entroncamento: Crianças do JI Sophia de Mello Breyner nos novos espaços de acolhimento

23/03/2021 às 10:37
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

As crianças do Jardim de Infância Sophia de Mello Breyner Andresen iniciaram esta segunda-feira, dia 22 de março, as atividades letivas nos espaços físicos de acolhimento “com toda a normalidade”.

O presidente da Câmara Municipal, Jorge Faria, e a vereadora da Educação, Tília Nunes, visitaram algumas salas de forma a inteirarem-se de como decorreu esta mudança, operacionalizada num curto espaço de tempo.

Jorge Faria manifestou o seu contentamento pela normalidade com que as atividades já se desenrolaram ontem, reiterando que “tudo foi pensado de forma a minimizar o impacto nas rotinas das crianças, uma vez que continuam a ser acompanhadas pelas mesmas Educadoras de Infância e Assistentes Operacionais, assim como continuam a usufruir de todos os recursos e materiais didáticos imprescindíveis ao normal processo de aprendizagem”.

De recordar que o Município do Entroncamento encerrou o Jardim de Infância Sophia de Mello Breyner Andresen, uma decisão que, segundo o Município, visa garantir a segurança das crianças e profissionais, após um relatório do LNEC que refere que a condição estrutural do edifício não oferece condições de segurança.

O Jardim de Infância Sophia de Mello Breyner Andresen (JISMBA) é um estabelecimento de ensino pré-escolar, cujo processo de conceção, projeto e construção decorreu entre 2005 e 2007.

Desde o início da sua entrada em funcionamento, esta infraestrutura tem apresentado diversas patologias e deficiências estruturais que se foram agravando, o que levou o Município do Entroncamento a solicitar uma avaliação estrutural deste edifício ao Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) em outubro de 2018.

Após os trabalhos e visitas técnicas do LNEC, foi terminado o relatório final que conclui que em resultado das fragilidades técnicas do projeto e da fraca qualidade da construção, o Jardim de Infância “não se encontra em condições de segurança no seu estado atual, sendo necessária uma intervenção de reabilitação global e profunda”.

Para além do encerramento e de transferir todas as crianças que frequentam este estabelecimento de ensino para outros jardins de infância da cidade, o Município comprometeu-se a envidar todos os esforços para que rapidamente se procedam aos trabalhos de demolição necessários à reconstrução do Jardim de Infância Sophia de Mello Breyner e a remeter o relatório do LNEC às autoridades competentes para o apuramento de eventuais responsabilidades.