Carvalhal: Única Escola Básica da zona norte encerra portas

Educação 2018-07-25

A Escola Básica de Carvalhal (EB1), única escola de primeiro ciclo na zona norte do concelho de Abrantes, já não vai abrir portas no próximo ano letivo 2018-2019.

O anúncio foi ontem proferido na reunião de Câmara Municipal de Abrantes, onde foi aprovado por unanimidade o encerramento da referida escola e a garantia de transporte a um aluno que se chegou a matricular em Carvalhal e que agora irá ingressar na Escola Maria Lucília Moita, em Abrantes.

Em declarações à Antena Livre, Celeste Simão, vereadora com o pelouro da Educação, admitiu que não foi com surpresa que a Câmara Municipal recebeu a notícia da transferência dos 4 alunos daquela escola para outros estabelecimentos de ensino. “Desde 2009, que vamos vendo o movimento dos alunos e durantes estes anos vamo-nos apercebendo quais são as escolas que vão perdendo mais alunos e quais são aquelas que estão na mira do encerramento. E o Carvalhal não era uma surpresa”, lamentou.

A vereadora referiu que ao longo dos anos os alunos têm vindo a diminuir em Carvalhal, mas o Agrupamento de Escolas nº1 e a Câmara Municipal foram “tentando aguentar a escola que era a única no norte do concelho, que foi requalificada e que tinha todas as condições ao nível do refeitório, da biblioteca, das salas de aula”, etc.

“Neste momento, já só estavam 4 alunos do primeiro ciclo e são alunos que não são somente de Carvalhal que, apesar de serem poucos, vêm de Maxial, Fontes e de outros locais, mas a tentativa de manter a escola era sobretudo pelo facto de não fazer estes alunos acordarem demasiado cedo e manter a única escola da zona norte do concelho”, fez notar a vereadora.

Celeste Simão adiantou que dois dos alunos que frequentavam a escola de Carvalhal irão ingressar na Escola de Sardoal e os restantes dois virão para a Escola Maria Lucília Moita, em Abrantes.

A Câmara Municipal irá garantir transporte ao aluno que ainda se matriculou em Carvalhal e Celeste Simão explicou que a opção da Escola Maria Lucília Moita surge “porque esta criança precisa de um enquadramento importante e nada melhor do que se vir juntar a um colega que vem da mesma escola”.

O Jardim de Infância, com 11 alunos, irá manter-se.

O fecho da EB1 de Carvalhal junta-se ao encerramento da EB1 e Jardim de Infância (JI) de Concavada e ao JI de Arreciadas.