Abrantes: Projeto Educativo Municipal encontra-se em fase de revisão - Vereadora

Educação 2020-01-10

O Conselho Municipal de Educação realizou a sua 7ª reunião onde foram debatidos os novos modelos de avaliação nos Agrupamentos Escolares do concelho de Abrantes. A vereadora com o pelouro da Educação, Celeste Simão, explicou que “tendo em conta a importância que a comunidade educativa dá à questão da avaliação, esta reunião do Conselho Municipal de Educação incidiu exatamente sobre isso”.

Os diretores dos Agrupamentos Escolares informaram sobre “o modo como estão a avaliar os seus alunos”, sendo que o Agrupamento Nº1 está a implementar um novo modelo de avaliação “que já começou no início do ano e que é outra forma de avaliar”.

Já a Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes (EPDRA) “falou sobre os critérios de avaliação das provas de aptidão profissional, que também são uma matéria muito importante” e o Agrupamento Nº2 “fará este trabalho numa próxima reunião”.

A vereadora informou ainda que “foi aberto à participação dos membros do Conselho Municipal de Educação outros modos de desenvolver este órgão, com outros temas a debater”.

Celeste Simão deu ainda conta que o “nosso Projeto Educativo Municipal, aprovado em 2015 com vigência até 2018, se encontra em fase de revisão. Continuamos com o grupo de trabalho que constitui o observatório do Projeto, que continua a fazer o acompanhamento e monitorização e produzindo os relatórios de avaliação que são sempre presentes aos órgãos”.

A vereadora responsável pelo pelouro da Educação avançou ainda que “de acordo com a nova legislação que regula este órgão, prevê-se a criação de grupos de trabalho, de caráter permanente ou temporário, mas que foi aprovado haver uma comissão de caráter permanente que é essa que vai promover a revisão do projeto. Foi igualmente aprovado que esse grupo de trabalho terá a constituição de dois elementos da Câmara (um deles assumirá a coordenação da equipa), dos Agrupamentos de Escolas e da EPDRA (um elemento por cada entidade), também um elemento do Ensino Superior, um elemento das Juntas de Freguesia (eleito entre os seus pares), um elemento das Associações de Pais e, como vamos ter no próximo sábado a tomada de posse da Federação das Associações de Pais, iremos perguntar à Federação qual o elemento que querem propor para fazer parte desta equipa, e ainda um elemento do Instituto do Emprego e Formação Profissional, que é de todo importante estar neste processo”, concluiu Celeste Simão.

 

Sobre o Conselho Municipal de Educação

O Conselho Municipal de Educação (CME) de Abrantes é o órgão consultivo do concelho em matéria de educação. Reuniu-se pela primeira vez no dia 16 de Junho de 2004.

Juntando todas as entidades com responsabilidade direta ou indireta nas questões escolares, tem como objetivo promover a coordenação da política educativa entre as autarquias, os agentes escolares e os parceiros sociais, analisando e acompanhando o funcionamento do sistema e propondo ações para torná-lo melhor e com oportunidades mais iguais para os alunos.

O CME de Abrantes é composto pelas seguintes entidades: presidente da Câmara Municipal, presidente da Assembleia Municipal, vereadora responsável pela Educação, presidente de Junta de

Freguesia, Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares, Instituições Ensino Superior Público, docentes do Ensino Secundário Público, docentes do Ensino Básico Público, docentes da Educação Pré-Escolar Pública, estabelecimentos de Educação e de Ensino Básico e Secundário Privados, Associações e Pais e Encarregados de Educação, Associações de Estudantes, I.P.S.S. que desenvolvam atividade na área da educação, Serviços Públicos de Saúde, Serviços de Segurança Social, Serviços de Emprego e Formação Profissional, Serviços Públicos da Área da Juventude e do Desporto, Forças de Segurança, Conselho Municipal de Juventude e diretores de Agrupamento/

Escola Não Agrupada.