Abrantes: ILC distingue o mérito escolar e apresenta soluções de ensino no estrangeiro

Educação 2018-11-26

Na sexta-feira, dia 23 de novembro, no edifício Pirâmide, realizou-se a entrega de certificados aos alunos que realizaram os exames da Cambridge, sobre a orientação do Instituto de Línguas do Centro (ILC), em Abrantes. Foram entregues os diplomas aos 51 alunos de vários níveis de ensino.

Em declarações à Antena Livre, Filomena Pereira e Helena Alcobia, docentes e responsáveis do Instituto de Línguas do Centro, destacaram a importância da atribuição dos certificados aos alunos que lhes conferem "maior possibilidade de estudarem no estrangeiro", a perspetiva de frequentarem "muitas universidades" e de terem mais oportunidades de emprego, tanto em Portugal, como fora do país.

Questionadas sobre a importância da sessão de esclarecimento com o representante da Information Planet, Carlos Xavier, as docentes explicaram que o ILC é parceiro desta entidade, que divulga oportunidades de ensino no estrangeiro, logo a sessão revestiu-se de grande importância para todos os presentes.

Filomena Pereira e Helena Alcobia

Neste sentido, o ILC organiza eventos para que a Information Planet possa "informar o público de todas as hipóteses que os alunos têm para estudar no estrangeiro”, como também, a oportunidade que têm de fazer mestrados ou pós-graduações lá fora.

Em relação ao balanço do ano letivo transato, as professoras mostraram-se "muito satisfeitas" relativamente ao aproveitamento dos alunos, destacando os "100% de sucesso nos exames".

Helena Alcobia referiu ainda que este sucesso é importante para os estudantes, mas também para o ILC, porque "é sinal que estamos a fazer um bom trabalho e que estamos a prepará-los devidamente para que tenham um sucesso garantido nos exames".

Sobre os projetos futuros que o ILC pretende levar a cabo, Helena e Filomena, destacaram o lançamento de "um curso online para adultos". Explicaram que o novo curso pode ser uma solução para a "falta de tempo" que os adultos têm em frequentar as aulas. “Na maior parte das vezes não conseguimos ter alunos [adultos] por falta de disponibilidade".

Com esta iniciativa o ILC encontra uma forma "diferente e interessante de aprender Inglês".

Nélio Dias