TAGUS abre aviso para financiar projetos de valorização do património local

2021-03-25

A TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior está a receber candidaturas, até ao dia 7 de maio de 2021, para projetos a implementar em Abrantes, Constância e Sardoal que se enquadrem na operação 10.2.1.6 – Renovação de Aldeias.

Esta medida do PDR2020- Programa de Desenvolvimento Rural destina-se a apoiar investimentos que contribuam para a recuperação e beneficiação do património local, paisagístico e ambiental de interesse coletivo, sinalética de itinerários paisagísticos, ambientais e agroturísticos, elaboração e divulgação de material documental relativo ao património alvo de intervenção, incluindo ações de sensibilização, produção e edição de publicações ou registos videográficos e fonográficos com conteúdos relativos ao património imaterial e outros investimentos relativos ao património imaterial, nomeadamente aquisição de trajes, estudos de inventariação do património rural, bem como do “ saber fazer” dos artesãos, das artes tradicionais, da literatura oral e de levantamento de expressões culturais tradicionais, imateriais, individuais e coletivas.

O concurso tem disponível uma dotação de 189.238,99 euros e as associações, autarquias, juntas de freguesia (com exceção das freguesias consideradas não rurais, designadamente, a União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede e a União de Freguesias de Rossio e São Miguel do Rio Torto) e pessoas singulares detentoras de património considerado de interesse público têm, com as alterações da Portaria nº133/2019, de 9 de maio, a oportunidade de obter um apoio de 80% do investimento total nestes projetos de valorização do património local, desde que o custo total elegível apurado em sede de análise seja igual ou superior a 5.000 euros e inferior ou igual a 200.000 euros.

Trata-se do 4º aviso de abertura a esta medida do DLBC rural, gerida pela Associação de Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior que já permitiu apoiar 11 projetos de preservação, conservação e valorização do património local de Abrantes, Constância e Sardoal, no valor global de 618.438,92 euros, dos quais 354.682,23 euros foram comparticipados pelo PDR2020.

A TAGUS encontra-se disponível para prestar todos os esclarecimentos necessários à compreensão da operação 10.2.1.6 – Renovação de Aldeias, medida do PDR2020, inserida no Portugal 2020, cofinanciada pelo FEADER – Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural, sugerindo a consulta prévia do aviso e da legislação aplicável no sítio da Internet da TAGUS, em www.tagus-ri.pt.

Assinalam-se em 2021, os 30 anos de existência da abordagem LEADER, a metodologia de intervenção territorial europeia, na qual a TAGUS se baseia, com as suas várias adaptações aos diferentes quadros comunitários, mas que tem contribuído para o desenvolvimento dos territórios de baixa densidade, apoiando projetos que com cofinanciamentos reduzidos “criam emprego, dinamizam as economias locais nos mais diversos setores de atividade, suportam coletividades nas suas múltiplas ações a favor das comunidades, revitalizam aldeias e vilas, qualificam espaços de encontro e de memórias locais”.