CP Pego e TSU já receberam apoio da FPF para relvados sintéticos

Desporto 2017-03-27

FPF contratualizou, este sábado, na Cidade do Futebol, o apoio de 4,2 milhões de euros a 117 clubes e associações. Fernando Gomes lembrou o orgulho da FPF poder servir os seus associados.

Numa cerimónia com casa completamente cheia, a Federação Portuguesa de Futebol contratualizou, este sábado, na Cidade do Futebol, o apoio a 117 clubes e às 22 Associações Distritais com as verbas decorrentes da venda da antiga sede federativa, na Praça da Alegria, em Lisboa, num total de mais de 4,2 milhões de euros.

Depois das intervenções, em nomes dos clubes e associações, de José Carlos Soares, Presidente da Escola de Futebol de Alcanena, e de Manuel Candeias, Presidente da Associação de Castelo Branco, Fernando Gomes agradeceu o trabalho dos clubes, associações e autarquias na promoção do desenvolvimento do futebol: "Agora a responsabilidade é mútua: a da FPF de fazer jus à sua missão estatutária. A dos clubes de fazer justiça, através da aplicação racional e sustentada do investimento, às escolhas que tiveram de ser feitas", disse.

Recorde-se que depois do lançamento do programa destinado à modernização de infraestruturas e equipamentos, a 1 de dezembro de 2015, mais de 520 clubes candidataram-se às verbas decorrentes da venda da sede federativa, num valor global de mais de 100 milhões de euros.

A FPF, após uma análise criteriosa, efetuada por uma entidade independente, atribuiu comparticipação financeira aos 120 clubes que receberão em conjunto a importância de 3.2 milhões de euros.

O líder federativo lembrou ainda que este representa !o maior programa de apoio realizado ao longo da história centenária da FPF e que "os clubes selecionados cobrem todo o território nacional incluindo regiões autónomas, litoral e interior e nenhum distrito ficou sem projetos aprovados".

Fernando Gomes sublinhou ainda que este investimento não é "casuístico", "ilógico" ou "pontual": "A FPF sente-se muito orgulhosa por poder servir os os sócios que justificam a sua existência", terminou.

Além dos projetos dos clubes, que vão receber apoios entre os cinco e os 60 mil euros, também as vinte e duas associações distritais e regionais vão receber, no total, uma comparticipação de um milhão de euros.

No âmbito do programa de modernização das infraestruturas desportivas da Federação Portuguesa da Federação, para clubes das competições não profissionais, foram aprovadas quatro candidaturas de clubes filiados na Associação Futebol de Santarém:

Casa do Povo do Pego - €60.000,00

Tramagal Sport União - €60.000,00

Escola de Futebol do Concelho de Alcanena - €60.000,00

Centro Cultural e Recreativo Desportivo Moçarriense - €55.542,00

Da verba total disponível de 3.200.000€, os clubes do nosso distrito conseguiram 235.542€. A Associação de Futebol de Santarém apresentou 21 candidaturas.

"Este é o maior programa de apoio realizado ao longo da história centenária da FPF", contou à Agência Lusa fonte da Federação.

Fonte: FPF e AFS