Pesquisar notícia
domingo,
26 set 2021
PUB
Cultura

Médio Tejo: Programação Cultural em Rede retoma este verão

5/07/2021 às 17:27
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Programação Cultural em Rede está aí para promover o encontro da Cultura com o Médio Tejo. O encontro dos artistas com as comunidades e visitantes é uma aposta da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e dos treze municípios que a compõem.

Uma programação “muito rica e diversificada, que vai desde a música, ao teatro de rua, ao circo contemporâneo, aos projetos comunitários e onde motivos não faltam para participar”.

O arranque desta programação já iniciou com o projeto Caminhos das Pessoas, que envolve os treze municípios do Médio Tejo, e que através de várias ações previstas até junho de 2022 permite criar uma dinâmica entre as artes, o público, o âmbito social e a economia local, capaz de estimular a região através do turismo que é atraído pela procura de produtos culturais diferenciadores.

O mês de julho traz outro projeto já bem conhecido do público, os Caminhos da Água - Programação Cultural em Rede.

A decorrer nos fins de semana de 10 e 11, 16, 17 e 18 e 23, 24 e 25 de julho, há um conjunto de espetáculos musicais, com Crassh Babies, Marta Ren ou Àvariações, teatro de rua e marionetas, com Onirotóptero, Baile dos Candeeiros e Sorriso, circo contemporâneo com Pequena Circoonferência, Sin Remite e Mira´T, entre muitos outros momentos artísticos, para encontrar em Abrantes, Alcanena, Ferreira do Zêzere, Mação, Torres Novas e Vila de Rei.

Toda a programação cultural está disponível em caminhos.mediotejo.pt e o convite é para que percorra estes Caminhos da Água que voltam a trazer a cultura, a arte e o entretenimento à região do Médio Tejo.

Anabela Freitas, presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, congratula-se com a retoma da Programação Cultural em Rede na região, referindo que “chegamos ao tempo de voltar a promover o encontro da cultura entre os artistas, as comunidades locais, os visitantes e turistas que procuram o nosso território”.

Tendo em conta a atual situação pandémica, a maioria dos eventos serão realizados em espaços ao ar livre, nas praias fluviais, jardins, parques e praças dos centros históricos, numa promoção da paisagem natural e patrimonial.

De salientar que os eventos estão sujeitos às normas de prevenção COVID-19 em vigor e com limitação de participantes.

O projeto é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER.

Mais informações em https://caminhos.mediotejo.pt/