José Martinho Gaspar lança romance “Vidas por Fios"

Cultura 2020-02-07

O escritor e historiador José Martinho Gaspar, natural de Água das Casas, freguesia de Fontes, em Abrantes, vai lançar o seu mais recente livro, um romance, intitulado “Vidas por Fios”.

Esta obra levou José Martinho Gaspar a vencer o IV Prémio Nacional de Literatura Lions de Portugal , organizado pelo Distrito Múltiplo 114 de Lions Clubes e patrocinado pela Fundação Lions de Portugal.

O livro conta a história de uma figura improvável que sobe aos palcos da vida política. O parlamento não lhe resiste e cai-lhe nas mãos.

Manuel, um jovem nascido no mundo rural, talhado para grandes feitos desportivos, torna-se um gigante no lançamento do peso e do martelo. Mas um terrível episódio abala o seu sonho e dá-se então o inesperado: o jovem sobe aos palcos da vida política. Depois de uma escalada vertiginosa, na qual não olhou a meios para atingir os seus fins, o protagonista ganha poder dentro do parlamento e começa a manipular, como marionetas, os deputados.

Uma metáfora do nosso tempo, em que o mérito cede o lugar à manipulação e em que o palco político abre espaço à teatralização ou a anedotas sofríveis. O cinismo vive em Vidas por Fios”, diz a editora da obra que acrescenta que esta é uma “história provocante, mordaz e com um fascinante perfume orwelliano”.

A obra está nas livrarias desde 4 de fevereiro. Uma publicação que resulta de um protocolo entre o Lions de Portugal, a Fundação Lions e a Guerra e Paz Editores, que se torna, assim, o parceiro editorial do Prémio Nacional de Literatura Lions de Portugal.

O lançamento do livro vai acontecer dia no dia 11 de fevereiro, pelas 18h30, na Bertrand Picoas, em Lisboa, e, posteriormente, no dia 13 de fevereiro, pelas 21h00, na Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes. A obra será apresentada pela actriz e mediadora cultural e artística Carla Dias.

José Martinho Gaspar tem ainda várias publicações, como ensaios, contos e livros infantis, com destaque para Os Discursos e o Discurso de Salazar (2001), Histórias Desencantadas (2012), Um Mundo Quadrado (2015) e Histórias de Ter de Ser (2017).