Pesquisar notícia
quarta,
16 jun 2021
Cultura

"Fake" reabre programação do Teatro Virgínia em Torres Novas

20/04/2021 às 07:20
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Teatro Virgínia, em Torres Novas (Santarém), retoma sexta-feira a sua programação com a exibição, às 19:00, da peça “Fake”, de Inês Barahona e Miguel Fragata, abrindo a temporada de abril a julho.

A programação hoje anunciada inclui espetáculos de Samuel Úria, Eduardo Madeira, Paulo Gonzo e Tiago Bettencourt, estando marcada para domingo, às 11:00, a transmissão, via ‘streaming’, do concerto de Fernando Tordo que assinala os 47 anos da Revolução de Abril de 1974, sendo a entrada no teatro gratuita, mediante levantamento prévio de bilhete, afirma uma nota da Câmara de Torres Novas.

Ainda em abril, dia 30, às 19:00, o Teatro Virgínia apresenta o espetáculo de dança “Sonho que não se pode quebrar e não se pode quebrar e não se pode…”, uma criação de A.ves.

O concerto “The Essential”, de Paulo Gonzo, está marcado para 15 de maio, no âmbito do Festival Às Vezes o Amor, apresentando Susana Domingos Gaspar, no dia 29 desse mês, o espetáculo de dança “Coletivo Habitacional”.

No âmbito do seu serviço educativo, serão apresentadas as peças “O Dragão entre o Céu e a Terra”, do Grupo de Teatro Juvenil do Virgínia, a 08 de maio, e “Leandro, Rei da Helíria”, do Atelier Teatral dos Miúdos, dia 22.

O mês de junho inicia-se com “Futuricidade”, projeto cultural do Agrupamento de Escolas Gil Paes/Escola Secundária Maria Lamas, integrado no Plano Nacional das Artes, com criação de Marta Tomé e Rui Matoso e interpretação de alunas e alunos, afirma a nota do município torrejano.

Samuel Úria vai atuar no dia 12 de junho, um concerto a partir do seu álbum "Canções do Pós-Guerra", seguindo-se, dia 18, a peça de teatro “A Gaivota”, da Companhia João Garcia Miguel.

“No dia seguinte, 19 de junho, Eduardo Madeira convida Manuel Marques e Joel Ricardo Santos, dois amigos de longa data para um espetáculo completamente louco, épico e irrepetível de ‘stand-up comedy’”, acrescenta.

Tiago Bettencourt estará no Virgínia, no dia 26 de junho, com “Rumo ao Eclipse”, espetáculo a partir de “um disco em que fala de escolhas, de lutas, de mágoa e indignação, de desapego, de alívio, de aceitação, de casa e de liberdade”.

O mês de julho vai decorrer fora de portas, em vários locais da cidade de Torres Novas, com a iniciativa “Jazz às Quintas”.

“Neste trimestre a venda de bilhetes será feita de forma faseada. Na página de cada espetáculo encontrará a data de abertura da bilheteira. Os bilhetes para os espetáculos de abril estão à venda a partir de hoje (19 de abril) e podem ser adquiridos na bilheteira local (segunda a sexta das 15:00 às 18:30)” ou nos habituais pontos de venda, afirma a nota.

O Teatro Virgínia adverte que, atendendo à conjuntura atual, provocada pela pandemia da covid-19, a programação poderá sofrer alterações caso surjam novas medidas para controlo da doença.

Lusa