Constância: Ministério da Cultura reconhece Casa-Memória de Camões como de Interesse Nacional

Cultura 2019-10-25

O anúncio foi feito pelo presidente da autarquia de Constância na reunião de Câmara que aconteceu no dia 24 de outubro.

Sérgio Oliveira deu conta de que horas antes da reunião recebeu a boa-nova de que “a senhora ministra [da cultura] despachou favoravelmente o reconhecimento de interesse nacional da Casa-Memória”.

Um passo que o autarca considera ser “fundamental” para que a Associação Casa-Memória consiga “chegar a um conjunto de fundações e instituições particulares com vista a angariar fundos” para se dotar dos “conteúdos de que necessita para abrir ao público”, mas também uma notícia importante para aquilo que é “a promoção do concelho naquilo que é a ligação íntima que Constância tem com Camões e que será mais um motivo – quando a casa estiver aberta ao público - para visitar Constância”.

Recorde-se que este ano, a 9 de julho, a secretária de Estado da Cultura visitou a Casa-Memória de Camões e ouviu os técnicos que fizeram um levantamento das necessidades da Casa-Memória e a maneira como o Ministério da Cultura poderia ajudar a levar a cabo uma das missões mais difíceis no concelho: abri-la ao público e dotá-la de conteúdos.

Na altura, Ângela Ferreira admitiu que “com a informação técnica que temos, podemos fazer essa declaração e haver um despacho meu a reconhecer a importância do desenvolvimento do projeto. Sobre isso não há nenhuma dúvida”.

E aí está o despacho que mereceu parecer favorável, num processo que o presidente do Município considera como “célere”, referindo que “ver já o processo finalizado é uma vitória de todos, do concelho como um todo, da comunidade não só do concelho mas também da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo porque também reconhece aquele equipamento como de interesse regional”.

Agora, o presidente do Município explica que se aguarda “que venha o documento em si assinado pela ministra com o reconhecimento”.

O reconhecimento da Casa-Memória de Camões por parte do Estado chegou 20 anos depois da sua conclusão.

Ana Rita Cristóvão

 

Notícia relacionada: https://www.antenalivre.pt/noticias/constancia-casa-memoria-de-camoes-vai-ser-reconhecida-pelo-estado-20-anos-depois-da-sua-conclusao?fbclid=IwAR114kgAA7c_m6B3EVnmAGw3IKneKau7PdlKhl6YOiR_UqJqHEi-cDrtr3Q