Pesquisar notícia
quinta,
13 mai 2021
Covid-19

Covid 19: Médio Tejo com mais 9 casos positivos (C/ÁUDIO)

18/04/2021 às 21:04
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Médio Tejo apresenta mais 9 casos de pessoas infetadas com o coronavírus, das quais cinco são do concelho de Abrantes, três do Entroncamento e uma de Ourém. Com mais 9 casos positivos a região tem agora um total acumulado de 12 824 pessoas infetadas com o coronavírus desde que começou a pandemia.

De acordo com o relatório epidemiológico deste domingo tanto o número de óbitos, 375, como o número de recuperados, 12 334, não tiveram alteração em relação a sábado.

Desta forma, o número de casos ativos na região é neste domingo de 115 distribuídos por Abrantes (44), Alcanena (4), Entroncamento (13), Mação (6), Ourém (8), Tomar (23), Torres Novas (13) e Vila Nova da Barquinha (4). Constância, Ferreira do Zêzere e Sardoal são os concelhos que continuam a não registar qualquer caso ativo.

De referir que Abrantes é o concelho com a situação mais complicada devido ao surto da semana passada na Escola do 1.º Ciclo do Ensino Básico Maria Lucília Moita. Este surto cujo primeiro caso foi detetado na terça-feira da semana passada subiu sábado para 11 casos positivos, afetando 4 crianças, 6 familiares e uma funcionária da escola. Na quinta-feira, por indicação da Direção-Geral de Saúde, a escola encerrou devendo toda a comunidade voltar a fazer testes a 23 de abril no sentido de poder equacionar a reabertura das aulas presenciais a 26 de abril.

Quando às vigilâncias ativas o número subiu, muito por influências das que já foram decretadas em Abrantes, que tem agora 78 pessoas em isolamento profilático. O total de pessoas em vigilância é de 158 distribuídas por Abrantes (78), Alcanena (16), Constância (3), Entroncamento (7), Ferreira do Zêzere (1), Mação (2), Ourém (9), Sardoal (1), Tomar (26) e Torres Novas (15). Neste momento apenas o concelho de Vila Nova da Barquinha não tem qualquer pessoa em confinamento.

Maria dos Anjos Esperança, coordenadora da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, revelou nesta altura de primavera é preciso ter em atenção os sintomas das alergias que podem ser, nalguns casos, parecidos com os da Covid-19. A médica destacou ainda uma diminuição de casos de alergia explicados simplesmente pelo confinamento e pelo corrente uso de máscara. Com estes cuidados com o SARS-CoV-2 aumentou também a proteção das alergias, pelo menos aquelas que são causadas pela inalação de pólen.

Maria dos Anjos Esperança, USPMT

Portugal contabilizou hoje mais três mortes relacionadas com a pandemia de covid-19 e 441 novos casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS), que regista um aumento dos internamentos.

Em internamento nas enfermarias estão 428 doentes, mais 13 do que no sábado.

Nos cuidados intensivos, Portugal tem hoje 109 pessoas, mais seis que no dia anterior

De acordo com o boletim, hoje divulgado, desde o início da pandemia Portugal já contabilizou 831.001 casos confirmados e 16.945 óbitos.

O número de doentes em cuidados intensivos, que, durante esta semana, esteve a aproximar-se dois dígitos, registou hoje uma nova subida.

Por sua vez, o número de novos casos e de óbitos continuou em linha com o registado nas últimas semanas.