COVID-19: Médio Tejo com mais 34 casos positivos. Lar do Pego tem mais 4 casos (C/ ÁUDIO)

2020-10-29

O Médio Tejo tem mais 34 pessoas infetadas com o coronavírus de acordo o relatório Epidemiológico divulgado esta tarde pela saúde pública desta região. O total acumulado de pessoas infetadas é de 1176, desde que começou a pandemia, em março.
O número de pessoas que foram dadas como recuperadas mantém-se nos 651.
De acordo com o relatório desta quinta-feira, 29 de outubro, os 34 novos casos positivos foram registados em Abrantes (9), Alcanena (6), Entroncamento (2), Ourém (7), Sardoal (6), e Torres Novas (4).

Ainda de acordo com o mesmo relatório, neste dia o Médio Tejo tem 410 pessoas em vigilância ativa, ou seja, pessoas que contactaram diretamente com infetados e que devem cumprir o isolamento até indicação contrária por parte da autoridade de saúde. As vigilâncias ativas estão localizadas em Abrantes (27), Alcanena (61), Constância (17), Entroncamento (62), Ferreira do Zêzere (9), Mação (4), Ourém (91), Sardoal (18), Tomar (35), Torres Novas (81) e Vila Nova da Barquinha (5).

No que diz respeito aos casos ativos de infeção, registam-se em Abrantes (93), Alcanena (41), Constância (14), Entroncamento (148), Ferreira do Zêzere (4), Mação (4), Ourém (66), Sardoal (9), Tomar (74), Torres Novas (62) e Vila Nova da Barquinha (10).
Maria dos Anjos Esperança confirmou os casos das seis funcionárias da Misericórdia de Sardoal e das quatro da Misericórdia de Abrantes e adiantou que amanhã todos os utentes das duas instituições vão ser testados.
A delegada de Saúde Pública confirmou que o surto do Centro Social do Pego subiu para 40 casos positivos. Hoje uma funcionária que tinha testado negativo, teve sintomas e repetiu o teste, tendo confirmado a infeção. Os outros quatro casos são dos testes que tiveram resultado inconclusivo no início da semana. Trata-se de dois utentes e duas funcionárias.
Desta forma o surto do Pego tem agora 40 pessoas infetadas, 33 utentes e sete funcionárias.
A coordenadora da Saúde Pública volta a apelar para todos assumirem medidas de proteção, como o uso da máscara e o distanciamento social numa altura em que a região tem uma constância de números de novos casos muito elevados.

O ACES Médio Tejo abrange a área territorial de 11 municípios com cerca de 235 mil utentes. Abrange as unidades de saúde de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km's quadrados.
Já os concelhos da Sertã e Vila de Rei que fazem parte do Médio Tejo na divisão político-administrativa em termos de saúde pertencem ao ACES do Pinhal Interior Sul que abrange ainda os concelhos de Proença-A-Nova, Oleiros e cerca de 30 mil utentes.
O concelho de Vila de Rei apresenta quatro casos ativos de Covid-19, com todos eles a encontrarem-se já em isolamento. Três dos casos são funcionários da Unidade de Cuidados Continuados Rainha D. Leonor, sendo que todos os restantes funcionários e utentes foram já testados com resultado negativo.