Pesquisar notícia
segunda,
27 set 2021
PUB
Concelhos

VN Barquinha: Palestra vai evocar “Os três primeiros dias da História oficial da Ordem de Cristo”

12/03/2019 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha vai acolher esta sexta-feira, 15 março, pelas 21 horas, a Palestra evocativa "1319 (14 a 16 de março): Os três primeiros dias da História oficial da Ordem de Cristo, a 7 séculos de distância".

A Palestra vai contar com a participação de Manuel J. Gandra, atual Curador da Biblioteca-Arquivo e do Centro de Interpretação Templário de Almourol, em Vila Nova da Barquinha.

Nascido em Lisboa a 27 de outubro de 1953, Manuel J. Gandra é licenciado em Filosofia (Faculdade de Letras – Universidade Clássica de Lisboa). Enquanto Investigador, tem-se consagrado à investigação da História e da Geografia Míticas de Portugal (nomeadamente no que concerne às Ordens do Templo e de Cristo, ao Culto do Império do Divino Espírito Santo, ao Sebastianismo e ao Hermetismo), da iconologia da Arte portuguesa e da Circunstância Mafrense, temas sobre os quais se tem debruçado em publicações, colóquios, seminários, encontros, conferências, palestras, visitas guiadas e programas televisivos. Foi professor dos ensinos preparatório e secundário, tendo leccionado na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e no IADE. Entre 1990 e 31 de Agosto de 1999, foi Coordenador dos Serviços de Cultura da Câmara Municipal de Mafra. Atualmente, é Professor Associado na Escola Superior de Design do IADE-U, Coordenador Científico da Biblioteca António Quadros (IADE-U), Investigador do CLEPUL (Faculdade de Letras de Lisboa), Colaborador da UNIDCOM (IADE-U) e das Revistas Nova-Águia e Identidades Oceânicas, Membro do Conselho Consultivo do MIL e da Associação Identidades Oceânicas (IDEO, Brasil) e Diretor do Centro Ernesto Soares de Iconografia e Simbólica [www.cesdies.net] que fundou em 19 de Abril de 1997, com sede em Mafra e atuando no Rio de Janeiro-Brasil, mediante uma parceria institucional com o Instituto Mukharajj Brasilan.

O evento é promovido pelo Município de Vila Nova da Barquinha e é de entrada livre.