Pesquisar notícia
quarta,
22 set 2021
PUB
Concelhos

Vila de Sardoal vai ser Espaço Gil Vicente

20/09/2018 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Município de Sardoal apresentou em março deste ano o Plano Estratégico de Desenvolvimento Turístico do Concelho. Miguel Borges, presidente da Câmara Municipal de Sardoal, adiantou que

“temos um conjunto de recursos que queremos que se transformem num produto turístico forte, que possa ser criador de riqueza, de postos de trabalho e que ajude a fixar população no nosso território”.

“Recentemente apresentámos os nossos planos estratégicos pois é importante percebermos aquilo que somos, aquilo que queremos e qual é o caminho que temos que fazer até lá chegar. Com a apresentação desses planos estratégicos, definimos aquilo que é a nossa rota”, afirmou o autarca.

O presidente acrescentou que “sendo certo que temos aqui o turismo de natureza, com os percursos pedestres, o que é diferenciador e que acrescenta algo à nossa região, é o turismo no âmbito da fé e da religiosidade, o turismo religioso. Nesse aspeto, há um conjunto de parcerias que temos com os detentores desse património, caso da Santa Casa da Misericórdia e da Fábrica da Igreja, e dentro destes pequenos projetos que vamos construindo como um puzzle, peça a peça, um dos elementos desse puzzle será o Centro de Interpretação da Semana Santa e do Turismo Religioso, cuja obra já está adjudicada e que brevemente vai entrar em construção na Capela de Nossa Senhora do Carmo, que é a única capela que é pertença do Município”.

Este Centro vai servir para que os turistas que visitem Sardoal, em qualquer altura do ano, percebam o que se vive na Semana Santa, o que é a Festa do Bodo e outras festividades.

Também a recuperação da Igreja Matriz está a aguardar financiamento para que possa voltar a mostrar-se na sua plenitude pois “é muito importante para os sardoalenses e não podemos esquecer o fantástico património que está lá dentro”.

Viver Gil Vicente

Ainda no âmbito do turismo, o presidente deixou a novidade de que se está já a trabalhar num outro projeto que envolve Gil Vicente. “Gil Vicente é outro potencial turístico que temos. Sardoal é a localidade que mais vezes é referida na obra de Gil Vicente, que andou por aqui e conheceu muito bem o Sardoal”. A ideia é “criar o espaço Gil Vicente, que será toda a vila. Iremos criar um roteiro dinâmico e um roteiro estático em que as pessoas podem percorrer a vila e, inclusivamente, encarnar uma personagem de uma obra do autor”. Este é um projeto que será apresentado em breve.

A nova Escola

Fora do âmbito do turismo, mas também de grande importância para o concelho, é o arranque das obras na Escola Básica 1,2,3 e Secundária de Sardoal. Miguel Borges afirmou ter “tudo preparado para começarmos com a obra, no entanto, esse arranque não depende de nós. Fizemos um primeiro concurso público que ficou vazio porque houve um aumento de custos da construção civil e o Sardoal não foi caso único. Assim, tivemos de fazer um segundo concurso público na qual já temos uma empresa vencedora da obra. Mas como se trata de um projeto de mais de 4ME, terá de contar com o visto do Tribunal de Contas, que fez algumas questões sobre a reprogramação financeira e terá de ser a CCDRC a dar essas respostas. Estamos à espera disso mesmo para encaminharmos tudo para o Tribunal de Contas e iniciar a obra”.

Patrícia Seixas