Pesquisar notícia
quarta,
16 jun 2021
Concelhos

Vila de Rei: Ministra da Coesão Territorial inaugurou infraestruturas no concelho (C/ ÁUDIO E FOTOS)

24/05/2021 às 19:20
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Esta segunda-feira foi dia de inaugurações em Vila de Rei. A Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, esteve presente em Vila de Rei , numa sessão desenrolada no edifício dos Paços do Concelho e que contou com a presença do presidente da Autarquia vilarregense, Ricardo Aires, a que se seguiu a visita e inauguração do Sombreamento das Tasquinhas do Parque Multiusos de Vila de Rei, da Expansão da Infraestrutura de Localização Empresarial – Zona Industrial do Souto e do Parque da Ribeira da Vila.

Durante o seu discurso, o presidente do Município de Vila de Rei afirmou que a visita da governante serve para aprofundar o diálogo, que é intenção da Câmara Municipal abrir novos caminhos para a valorização das pessoas e dos produtos deste território e apelou para que possa ser elaborado um Mapa de Municípios de Baixa Densidade que, no entender do autarca, se deve denominar Mapa de Municípios Economicamente de Baixa Densidade.

“Na verdade, as nossas empresas pagam o mesmo que as sediadas no Litoral. Os nossos empresários são autênticos guerreiros, uns heróis que não desfalecem perante as dificuldades mas que são merecedores de uma discriminação positiva. Pedimos, pois, a Vossa Excelência que, junto do Governo, faça eco do nosso pedido para que exista uma maior diferenciação positiva, de modo a que o nosso País ande a uma só velocidade”, apelou Ricardo Aires

Ricardo Aires falou ainda dos investimentos que agora foram inaugurados e dos objetivos que o Município pretende ver cumpridos nestes espaços.

A Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, falou em mudanças estruturais para que o interior não continue de mãos estendidas e possa mostrar as riquezas que tem a dar ao país. A governante assumiu ainda as dificuldades dos empresários em instalar-se nestes territórios e afirmou que quem cá vive não pode ser prejudicado.

Ana Abrunhosa assumiu o compromisso de tudo fazer para proporcionar maior qualidade de vida neste território porque, como afirmou, tem que se tratar de forma diferente o que é diferente e há medidas corajosas que têm que ser tomadas.

Após a sessão no edifício dos Paços do Concelho, a comitiva seguiu para as inaugurações do Sombreamento das Tasquinhas do Parque Multiusos de Vila de Rei, da Expansão da Infraestrutura de Localização Empresarial – Zona Industrial do Souto e do Parque da Ribeira da Vila.

 

Sombreamento das Tasquinhas:

O espaço é dos mais utilizados na realização de eventos da autarquia, nomeadamente na Fira de Enchidos, Queijo e Mel e no almoço comunitário realizado na altura do Feriado Municipal.

Anteriormente, o Município tinha que alugar tendas e equipamentos na altura dos eventos. Contudo, com este investimento, além de melhorar as condições em que estes se realizam, principalmente tendo em conta a questão climática, permite ao município pensar na organização de outras atividades ou mesmo disponibilizar o equipamento a Associações ou outras entidades para a organização dos seus eventos.

O Investimento totalizou os 146.676,07€, tendo sido financiado a 100% por fundos comunitários (Candidatura conjunta Médio Tejo – POSEUR).

 

Expansão Zona Industrial Souto:

A implementação da Zona Industrial do Souto surgiu da necessidade do Município continuar a oferecer condições para a instalação dos agentes económicos, que continuam a procurar o concelho de Vila de Rei, “tanto pela sua qualidade de vida, como pela sua centralidade”.

Com duas zonas industrias, as mais perto da zona urbana praticamente ocupadas, surgiu a necessidade de se apostar numa nova zona industrial que permitisse a sua implementação de forma faseada, consoante as necessidades e procura, mas que ao mesmo tempo fosse permitindo a sua expansão, algo que as duas existentes não permitiam, sem colocar em causa a qualidade de vida dos habitantes da vila.

A primeira e segunda fase (que hoje se inaugurou) contou com um investimento de 915.285 ,92€, sendo financiada por fundos comunitários em cerca de 75%.

Atualmente, esta zona industrial conta com cinco empresas instaladas e a funcionar em pleno, garantindo 22 postos de trabalho diretos, 15 lotes escriturados ou em processo de cedência onde, de acordo com os projetos apresentados e em pleno funcionamento, garantirão 182 postos de trabalho diretos. Apenas se encontram disponíveis 2 lotes.

 

Parque Urbano da Ribeira da Vila:

O Parque Urbano da Ribeira da Vila, surgiu da “necessidade de oferecer aos vilarregenses e a todos os que nos visitam, de um espaço lúdico, onde possam vir passear, praticar desporto, ou simplesmente desfrutar uma bebida com os amigos num ambiente mais tranquilo”.

Além de um simples jardim com um bar, decidiu-se complementar o espaço, tornando-o diferenciador dos restantes do género, disponibilizando um anfiteatro onde se podem realizar inúmeras atividades, desde concertos, peças de teatro ou outras.

Sendo principalmente um espaço natural, o Município apostou em materiais recicláveis e amigos do ambiente.

O investimento no Parque foi de 253.264,15€, tendo sido financiado em cerca de 75% por fundos comunitários.

Mais recentemente, o Município apostou num passadiço de madeira para interligar o Parque à Vila, tendo em conta a EN2, sendo este trajeto muito usado pelos estudantes e jovens entre a escola ou equipamentos desportivos e a vila. Desta forma o percurso torna-se mais seguro, tanto para os peões como para os automobilistas.

Galeria de Imagens