Pesquisar notícia
sexta,
17 set 2021
PUB
Concelhos

Surto no Centro Social do Pego disparou para 80 infetados (C/ÁUDIO)

6/11/2020 às 16:02
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O surto de Covid no Centro Social do Pego disparou com uma segunda vaga de testes positivos entre os utentes e funcionários. São mais 31 casos positivos.

A Antena Livre sabe que esta quinta-feira, o universo de utentes e trabalhadores que tinham testado negativo ao SARS-Cov-2 voltaram a repetir os exames e as notícias não são animadoras. Há mais 24 utentes e sete profissionais infetados com o coronavírus.
De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Abrantes, e responsável pela Proteção Civil Municipal, a situação é preocupante porque num universo de 136 pessoas há 80 infetados.
O autarca confirmou ainda que face às dificuldades com pessoal a Segurança Social já colocou cinco elementos das brigadas de intervenção rápida na instituição. Estes cinco profissionais, segundou conseguimos saber, começaram a trabalhar durante o dia de ontem.
O presidente da Câmara de Abrantes confirma que estes 80 casos são todos no lar, não se verificando qualquer caso nas outras valências, seja o centro de dia ou a creche.
Também de acordo com Manuel Jorge Valamatos as indicações que tem da saúde pública indicam que, neste momento [sexta-feira, dia 6 de novembro], não há casos de infetados na comunidade, ou seja, estes 80 casos positivos dizem respeito a utentes e funcionários do lar.

Manuel Jorge Valamatos, presidente da Câmara de Abrantes

O Centro Social do Pego tem 65 utentes e 71 funcionários que foram todos testados a 27 de outubro. Da primeira vaga de testes concluiu-se que 31 utentes e quatro funcionários tinham acusado positivo com quatro inconclusivos. Os casos inconclusivos vieram a confirmar-se positivos a que se somou mais uma funcionária infetada.
O número de infetados no surto de COVID-19 no Centro Social do Pego subiu para 47, no dia 3 de novembro, com mais sete casos positivos a somar às 40 registadas no início do surto.
De acordo com a coordenadora da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Maria dos Anjos Esperança, nos dias 1 e 2 de novembro houve o registo de um aumento de casos positivos com mais dois utentes e cinco funcionárias a testar positivo ao SARS-COV-2.

 

Notícia relacionada: Surto do Pego subiu para 47 infetados