Pesquisar notícia
terça,
21 set 2021
PUB
Concelhos

Saúde: CIM Médio Tejo entregou 11 viaturas elétricas para Cuidados na Comunidade

27/06/2017 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Realizou-se esta manhã, no Salão Nobre da Câmara Municipal do Entroncamento, a cerimónia de entrega de 11 viaturas elétricas - Unidades Móveis de Cuidados de Saúde, ao Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, para prestação de cuidados de Saúde às populações dos 11 concelhos da respetiva área de abrangência.

A cerimónia, que incluiu a assinatura do Protocolo de Promoção da Mobilidade Elétrica no Médio Tejo, entre a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo e a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, contou com a presença do Secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, da Presidente da ARSLVT, Rosa Valente de Matos, da Presidente da Autoridade da Gestão do Programa Operacional Regional do Centro 2020, Ana Abrunhosa, do Presidente da Mobile, Alexandre Videira, e da Presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIM Médio Tejo), Maria do Céu Albuquerque.

Ao abrigo do referido protocolo, a ARSLVT obriga-se, entre outros, a suportar os encargos que resultem da afetação das viaturas elétricas à prestação de cuidados de saúde determinados nas unidades que tutela e a disponibilizar os técnicos de saúde e o material de consumo clínico necessário à assistência aos cidadãos. A CIM Médio Tejo, por seu turno, obriga-se à contratação, pagamento e manutenção dos seguros de responsabilidade civil automóvel e de ocupantes e a suportar os encargos necessários à utilização das viaturas quando estas não se encontrem ao serviço da ARSLVT.

A aquisição das 11 viaturas insere-se, como explicou Maria do Céu Albuquerque, “numa candidatura ao Programa Operacional Regional Centro 2020, de iniciativa da CIM Médio Tejo em parceria com os Municípios da Região, no âmbito dos «Investimentos em Infraestruturas de Saúde»”.

“Estamos a adquirir 11 viaturas elétricas para fazer face às necessidades que, em cada um dos concelhos, as Unidades de Saúde têm. No fundo, esta viatura vai servir, em concreto, para os Cuidados na Comunidade, ou seja, para os domicílios, visitas, ações que sejam necessárias fazer a quem necessitar de uma intervenção diferente daquela que, normalmente, as pessoas requerem quando se deslocam às Unidades de Saúde que estão dispersas nos concelhos”, informou a presidente da CIM Médio Tejo.

“Este é o apoio que vai beneficiar as populações”, concluiu Maria Do Céu Albuquerque.

O ACES do Médio Tejo, com uma população distribuída por 11 concelhos: Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km² e cerca 227.999 habitantes, tem por missão “garantir o acesso a prestação de cuidados de saúde primários de qualidade, adequando os recursos disponíveis às necessidades em saúde e cumprir e fazer cumprir o Plano Nacional de Saúde”. 

O ACES do Médio Tejo realiza cerca de 48.000 visitas domiciliárias de enfermagem por ano e cerca de 3.600 visitas domiciliárias médicas.

O acréscimo do número de viaturas disponíveis no ACES do Médio Tejo e a admissão de mais enfermeiros, vão permitir a abertura de duas novas Unidades de Cuidados na Comunidade e o alargamento de uma já existente. 

Fotos: Município do Entroncamento