Sardoal recebe Festa do Espírito Santo (ou do Bodo) a 9 de junho

Concelhos 2019-06-04

Sardoal vai receber no dia 9 de junho a Festa do Espírito Santo (ou do Bodo), uma das mais antigas manifestações religiosas do concelho.

Informa o município que na véspera da iniciativa, vai acontecer, a 8 de junho, no Centro Cultural Gil Vicente, às 16horas, uma conferência subordinada ao tema “As Festas do Espírito Santo: origens e viagens”, por Ilda Januário.

A realização Festa do Espírito Santo remonta a um passado longínquo, sendo realizada já antes de 1470. Em 1935 sofreu um interregno, tendo sido retomada pela Câmara Municipal e pela Paróquia em 1995, numa perspetiva mais vasta, moderna e de defesa dos valores culturais do Concelho, mas por motivos vários voltou a ser interrompida em 2008.

A Festa do Espírito Santo (ou do Bodo) realiza-se 50 dias após a Páscoa e integra missa ao ar livre, realizada na Praça da República, pelas 10 horas, com Guarda de Honra prestada pelos Bombeiros Municipais e pela Filarmónica União Sardoalense.

Finda a missa, pelas 11 horas terá lugar a Procissão até ao Convento de Santa Maria da Caridade. Explica o município em comunicado que nesta Procissão participam vinte jovens vestidas de branco, enquanto símbolo de pureza, que transportam à cabeça os tabuleiros com o pão benzido na Eucaristia. Estas jovens diferenciam-se pelas cintas coloridas que envergam, existindo quatro cores, uma por cada freguesia do Concelho. Integram também o Cortejo outros figurantes envergando trajes usados no Sardoal em finais do século XIX, ocasião em que as festividades se realizavam com grande imponência e vasta participação do povo.

A Procissão culminará com um almoço convívio no Convento de Santa Maria da Caridade, pelas 12h30m, que contará com um momento musical pela Filarmónica União Sardoalense.

A Festa do Espírito Santo é organizada pela Câmara Municipal de Sardoal e pela Paróquia de São Tiago e São Mateus, contando com o apoio da Santa Casa da Misericórdia de Sardoal, Juntas de Freguesia do Concelho, Bombeiros Municipais, Guarda Nacional Republicana e Associações Concelhias.