Sardoal: Ministro da Educação dá início ao 2º período no Agrupamento de Escolas

Concelhos 2019-01-04

No passado dia 3 de janeiro, em Sardoal, o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, efetuou uma visita à sede do Agrupamento de Escolas do concelho.

A visita decorreu no âmbito do arranque do 2º período, sendo que o Ministro realizou visitas a várias salas de aulas de todos os ciclos desde o 1º Ciclo até ao Secundário, incluindo também cursos profissionais. Tiago Brandão Rodrigues também se deslocou à zona de obras de requalificação da nova escola, que já tiveram início. Estiveram presentes na visita o presidente da Câmara Municipal de Sardoal, Miguel Borges, vereadores, a diretora do Agrupamento de Escolas de Sardoal, Ana Paula Sardinha, e Francisco Neves, delegado Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo .

Durante a visita a cada sala de aula, Tiago Brandão Rodrigues manteve conversas muito descontraídas com os alunos que frequentam cada ciclo, fazendo algumas questões referentes ao futuro deles e tendo interagido de uma forma tranquila e divertida com os alunos presentes. Os alunos foram recetivos e participativos ao longo da visita do Ministro da Educação. Tiago Brandão Rodrigues afirmou mesmo tratar-se de “um bom banho de realidade” e que “é sempre retemperador no início de um novo período letivo”.

Depois da visita às salas, o ministro deslocou-se às obras referentes à requalificação do novo Parque Escolar que arrancaram no dia 28 de novembro de 2018. Prioridade na área da educação por parte do Executivo, estas obras têm apoio comunitário a rondar os 85% para o segundo e terceiro ciclo e secundário, sendo que a parcela do primeiro ciclo é da responsabilidade do Município.

A projeto vai contar com a construção de 22 salas de aula, sala de música, laboratórios, salas de TIC, biblioteca, salas de E.V.T, áreas exteriores cobertas, papelaria, refeitório, recreio coberto e um polidesportivo ao ar livre.

Relativamente à requalificação do parque escolar, o Ministro da Educação, referiu que “é um momento de muita felicidade para este Agrupamento de Escolas, porque assistimos a uma requalificação de 4 milhões de euros que vai mudar a face e a infraestrutura desta escola”, acrescentou Tiago Brandão Rodrigues.

O governante ainda salientou que esta requalificação “vai permitir [que a escola] possa viver durante umas boas décadas com nova cara e com novas condições” a nível do ensino e aprendizagem.

Já o presidente da Câmara Municipal de Sardoal falou de uma requalificação “feita com rigor de uma boa gestão pública, sem grandes excessos e sem grandes exageros” destacando que esteve “mais de nove anos para tentar convencer os decisores políticos da necessidade deste investimento”.

O autarca salientou a importância deste tipo de obras referindo que “para que o sucesso exista no ensino e na aprendizagem, é importante que as crianças tenham condições necessárias para uma boa aprendizagem de acordo com as exigências num país europeu do século XXI”.

Relativamente à duração das obras, Miguel Borges informou que o limite máximo “é de dois anos”, acrescentando que “é um prazo perfeitamente confortável e é um prazo que não vai prejudicar a própria dinâmica da escola, porque tudo foi pensado também de forma a que as aulas funcionassem com a maior normalidade possível”.

Nélio Dias