Mação: Serviço de Rede Local de Intervenção Social encerra após três anos de funcionamento

Concelhos 2018-12-27

O Executivo da Câmara Municipal de Mação reuniu esta quarta-feira, 26 de dezembro, e o presidente Vasco Estrela informou que a Autarquia recebeu do diretor do Centro Distrital da Segurança Social uma carta onde deu conta “do encerramento do projeto RLIS Mação/Sardoal, que tinha aqui um posto de atendimento”.

Aquilo que era feito diariamente, cinco dias por semana, por uma ou por duas técnicas, passará a ser feito em três horas por semana”, explicou o presidente que, acrescentou, “é uma diminuição substancial de 32 horas”.

O serviço de Rede Local de Intervenção Social (RLIS) encerrou no passado dia 21 de dezembro e em declarações à Antena Livre, Vasco Estrela confirmou ter “algum receio pela diferença do que era a presença diária de técnicas no território, para passar a ser assegurado por um técnico, três horas por semana, que tem vários afazeres”.

Espero que tudo corra bem porque a Segurança Social obviamente que tem noção do que existia e do que passa a existir”, disse o autarca que afirmou ainda que “a responsabilidade de alguma coisa que possa correr menos bem, que espero que não aconteça, é da Segurança Social”.

O Conselho Local de Acção Social (CLAS) já reuniu e “o diretor disse que as coisas se iriam resolver a bem e que não havia motivos para preocupação. Obviamente que esta situação não nos deixa muito descansados mas tenho que confiar na Segurança Social”.

Vasco Estrela acrescentou que espera “que o técnico tenha condições para se deslocar aos locais como as técnicas da RLIS iam, um pouco por todo o concelho, 400 quilómetros quadrados, mais de 100 localidades... se for a duas terras por dia, gasta o tempo que aqui tem. Sinceramente, tenho algum receio do que possa vir a suceder e tenho pena que os atendimentos descentralizados que existiam nas freguesias deixem de existir. Há claramente, à primeira vista e de uma forma objetiva, um prejuízo para os cidadãos”.

O Serviço de Rede Local de Intervenção Social Mação/Sardoal iniciou a 21 de dezembro de 2015. Tratava-se de um serviço de atendimento e acompanhamento social com intervenção nos concelhos de Mação e Sardoal.

O objetivo consistia em efetuar o atendimento de primeira linha e o acompanhamento de pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade e exclusão social, assim como em situação de emergência social.

No concelho de Mação existiam dois postos de atendimento descentralizados, um em Envendos e outro em Cardigos.