Pesquisar notícia
sexta,
17 set 2021
PUB
Concelhos

Mação: Orçamento para 2018 aumenta 6,3%: “É um Orçamento realista e exequível” | COM SOM

22/12/2017 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Assembleia Municipal de Mação aprovou esta quarta-feira o Orçamento para 2018.

Com um aumento de 6,3%, a Autarquia vai gerir um Orçamento de quase 12,5ME e definiu as áreas prioritárias. Vasco Estrela, presidente da Câmara Municipal, disse que este era “um Orçamento adequado às necessidades do concelho, realista, exequível e em que vamos iniciar aquilo que para nós será ponto de honra neste mandato que é o cumprimento dos compromissos que assumimos para este Concelho”.

“Definimos para este mandato cinco objetivos principais, tão latos quanto possível e com a respetiva abrangência para poder responder àquilo que nós entendemos que deve ser a ação da Câmara para estes anos”, comunicou Vasco Estrela. E anunciou que passarão por “melhorar os apoios sociais, em especial dos mais carenciados; criar condições para a melhoria da atividade económica; a valorização dos nossos recursos; aprofundar e valorizar o conhecimento, a educação e a cultura e a promoção cívica, em particular dos mais jovens”.

“Para atingirmos estes objetivos, entendemos que devemos ter apostas mais efetivas em seis áreas: inovação e ação social, educação e cultura, empreendedorismo, a floresta e o sistema agroflorestal, os recursos naturais e a reabilitação de infraestruturas e do património”.

O presidente também lembrou que a Câmara de Mação “vai sempre muito para além daquilo que são as nossas competências mais estritas no cumprimento das nossas obrigações”.

“Teremos de ser competentes, rigorosos e sérios mas também temos que ter alguma sorte para que as coisas corram bem. Costuma dizer-se que a sorte dá muito trabalho e, portanto, aquilo que eu posso dizer é que nós iremos trabalhar para ter sorte”, garantiu o autarca.

A floresta é, em Mação, “um fator importantíssimo” e Vasco Estrela referiu que “está nos nossos recursos e está também, de uma forma autónoma, na nossa ação”, lembrando que, “provavelmente, as câmaras municipais irão ter uma maior responsabilidade nesta matéria e nós, Câmara de Mação, mais responsabilidade temos. Pelo nosso passado, pelos nossos contributos, por aquilo que nos aconteceu e por termos a certeza que não podemos renegar a nossa história e o concelho onde estamos inseridos”.

Relativamente a obras, o presidente referiu que este Orçamento também terá uma componente muito forte no âmbito do PARU - Planos de Ação de Regeneração Urbana. Explicou que “há um conjunto de investimentos grandes. Um deles já a decorrer, que é a requalificação do Jardim Municipal, e temos a requalificação do Cine-Teatro, do Largo dos Combatentes e temos a obra principal que é a requalificação do antigo quartel dos bombeiros para a instalação do Centro de Atividades Ocupacionais. É uma obra cujo projeto está concluído, com parecer positivo da Segurança Social e que esperamos vir a concretizar durante o próximo ano”.

12.434.765 euros é a quantia do Orçamento para 2018 da Câmara Municipal de Mação.

Na sessão da Assembleia, o Orçamento foi aprovado por maioria, com 9 abstenções por parte da bancada socialista.