Mação: CLDS 4G arranca com verba de 375 mil euros para executar 17 projetos nos próximos 3 anos

Concelhos 2020-02-05

Arrancou na passada segunda-feira, dia 3 de fevereiro de 2020, o CLDS 4G no concelho de Mação.

O Contrato Local de Desenvolvimento Social 4G para Mação tem uma verba de 375 mil euros que pretendem pôr em prática 17 projetos nos próximos três anos.

O objetivo é promover a inclusão social de grupos populacionais, de forma multisetorial e integrada, que revelem um maior nível de fragilidade social, mobilizando para o efeito a ação integrada e em parceria dos diversos agentes e recursos disponíveis localmente.

O Centro de Proteção à Terceira Idade de Aboboreira assume-se como Entidade Coordenadora Local de Parceria, isto é, vai gerir e coordenador o Programa CLDS 4G em Mação no triénio 2020-2023.

Daniel Jana é o coordenador da equipa técnica. Mestre em Marketing, natural e residente no concelho de Mação, abraça aos 30 anos a primeira experiência social - a qual se junta à experiência do associativismo e empreendedorismo no concelho.

 

Daniel Jana

O responsável é também secretário na União de Freguesias de Mação, Penhascoso e Aboboreira e ainda deputado na Assembleia Municipal de Mação.

A equipa técnica deste CLDS 4G é ainda composta, a tempo integral, pela psicóloga Liliane Rodrigues e pela assistente social Vânia Alegre.

EIXOS DE INTERVENÇÃO DO CLDS 4G EM MAÇÃO:

As atividades do CLDS 4G vão incidir em dois eixos, sendo eles a intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil, e a promoção do envelhecimento ativo e apoio à população idosa.

A entidade (Centro de Dia de Aboboreira) tem a sua sede social na Localidade de Aboboreira, mas pela transversalidade do programa a todo o concelho, optou-se por localizar a sede do programa na Vila de Mação (sede de Concelho). A entidade optou por esta localização por ser onde se situam maior parte dos serviços - o que facilitará o acesso da população às respostas sociais dadas pelo MAÇÃO MAIS SOCIAL, mas tendo também previstas ações descentralizadas nas várias freguesias com vista a uma maior proximidade com as populações-alvo e com um raio de ação integral do território.

Estando, neste momento, o projeto numa fase de preparação e implementação, a abertura oficial do MAÇÃO MAIS SOCIAL decorrerá durante o mês de março.