Mação: Câmara premeia melhores alunos e entrega Bolsas de Estudo

Concelhos 2019-01-02

A Câmara Municipal de Mação procedeu, no dia 28 de dezembro, à Cerimónia de Entrega das Bolsas de Estudo e Prémios de Mérito.

As Bolsas de Estudo são um projeto que a Autarquia promove há 14 anos que se traduz num apoio a jovens do Concelho que frequentam o Ensino Superior público e são atribuídas por Concurso de acordo com o rendimento per capita comprovado.

Foram 18 as Bolsas atribuídas, com 13 renovações e cinco novas Bolsas, a alunos do ensino superior público, “o que representa um investimento do Município de 27 mil euros, ou seja, 1.500 euros/ano por cada bolseiro”.

Vasco Estrela, presidente da Câmara Municipal disse que “é um apoio, um investimento e um reconhecimento e, nesse sentido, é uma boa aposta que a Câmara tem feito ao longo dos anos. Já são umas largas dezenas de jovens que têm sido apoiados e muitos deles já estão formados e no mercado de trabalho. A Câmara contribuiu para que eles se pudessem formar enquanto pessoas e que pudessem dar também o seu contributo ao país”.

O autarca voltou a lamentar que “a esmagadora maioria deles não pudesse ficar no concelho, ou mesmo na região, mas isso são contingências próprias da vida. A Câmara cumpre a sua obrigação neste aspeto de poder apoiá-los a tirar os seus cursos superiores e, quanto ao resto, vai também tentando criar condições para que eles aqui possam ficar. Infelizmente, nem sempre isso tem sido conseguido mas pensamos que este apoio é importante e é para manter”, desafabou Vasco Estrela.

Com os Prémios de Mérito, a Câmara Municipal de Mação brinda também os melhores alunos do 2.º e 3.º Ciclos e Secundário no ano letivo 2017/2018, do Agrupamento de Escolas de Mação, “num reconhecimento pelo seu esforço e boa prestação escolar”.

José António Almeida, diretor do Agrupamento de Escolas, falou da cerimónia como “um dos momentos altos do ano pois acabamos o ano sempre num patamar elevado”.

Quando nós premiamos um aluno, premiamos toda a comunidade. Em primeiro lugar, premiamos o trabalho dele próprio mas também premiamos o trabalho da família, da escola, dos professores e o trabalho da comunidade. Por isso, quando entregamos estes Prémios, é sinal de que estes alunos tiveram um percurso de sucesso mas também tiveram a sorte de ter a conjugação de vários fatores para o levar a este patamar”, afirmou o diretor.

No ano letivo 2017/2018, os melhores alunos foram Mariana Branco (2º ciclo, com média final de 5), Manuel Estrela (3º ciclo, com média final de 5) e Raquel Parente (Secundário, com média final de 19 valores). Os Prémios do 2.º e 3.º Ciclos são de 250 euros e o do Ensino Secundário é de 500 euros.

Relativamente ao Prémio Gonçalo Matos, ainda não foi este ano que mudou de nome. O Prémio visa premiar a excelência e tem o nome do aluno do concelho que, até à data, teve a melhor média de entrada na Universidade desde a instituição dos Prémios. Cada ano o prémio é atribuído ao aluno com residência no concelho, mesmo não sendo estudante em Mação, que tenha a melhor média de entrada no Ensino Superior. Quando a média do Gonçalo Matos for ultrapassada, o Prémio receberá o nome do aluno que a superar, o que ainda não aconteceu este ano pois a média a superar é de 19.1 valores. O Prémio foi para Raquel Parente que entrou no Ensino Superior com a média de 18.7 valores. O valor do Prémio Gonçalo Matos é de 500 euros.

No final, o presidente Vasco Estrela acrescentou que “sabendo que as famílias têm, por vezes, algumas dificuldades em conseguir que os seus filhos possam atingir estes objetivos, é também uma função da Câmara Municipal de Mação o apoio social”.