"Gostar de Constância" assinala os 183 anos de Notável Vila da Constância a 7 de dezembro

Concelhos 2019-12-02
Créditos: Município de Constância
Créditos: Município de Constância

Em 2011 realizou-se pela primeira vez esta atividade – Gostar de Constância. Devido à aceitação da comunidade, o Município decidiu mantê-la até aos dias de hoje e esta é já uma iniciativa cultural que não falta no calendário da autarquia.

Acontece todos os anos a 7 de dezembro, uma data simbólica para o concelho por ter sido nesse dia, em 1836, que a rainha D. Maria II, satisfazendo um pedido apresentado pela nossa população da época, mudou o nome da vila de Punhete, que tinha há séculos, para Notável Vila da Constância. O povo não gostava do velho nome e a rainha apreciou e reconheceu a constância com que a gente da terra tomou voz e se bateu pela causa liberal. E Constância ficou, lindo nome lhe foi posto, a condizer com a sua imensa beleza.

Explica o Município em comunicado que o objetivo principal do Gostar de Constância, "para além de assinalar a efeméride, é proporcionar, num ambiente festivo, uma jornada de promoção dos nossos valores, sobretudo em termos humanos e institucionais, contribuindo assim para elevar a autoestima coletiva, para gostarmos mais de nós, do que somos, do que fazemos. Para gostarmos (ainda mais) de Constância.".

O programa compreende, além de animação musical, a realização de entrevistas, em presença, a convidados especiais, de cada freguesia. Esses convidados são pessoas ou instituições que se considera merecedoras de público destaque e cuja personalidade ou atividade possam servir de referência ou de motivação para a comunidade em geral.

Na edição deste ano, que terá lugar na Casa do Povo de Montalvo, a partir das 21h00, serão homenageados Anabela Ferreira e João Paulo Morais, do Cabeleireiros Contraste de Constância, José Pereira, dirigente associativo de Montalvo e Cláudia e Rui Monteiro, proprietários do Central Park (Cafetaria, Restauração e Alojamento Local) em Santa Margarida da Coutada.

O evento integra dois momentos musicais com os TINTINNABVLVM da CICO – Centro Internacional do Carrilhão e do Órgão e com o Grupo de Cantares da Casa do Povo de Montalvo.