Pesquisar notícia
sexta,
17 set 2021
PUB
Concelhos

Especial Mação: Obras avançam para projetar o Concelho

29/06/2018 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Jardim Municipal está concluído

O jardim municipal de Mação, conhecido como Jardim dos Peixinhos, um espaço com décadas de histórias e memórias, sofreu obras de requalificação que já estão concluídas.

“A obra está concluída. Não fizemos a inauguração, mas iremos fazer uma atividade com maior significado pela altura dos Caminhos da Água, em julho. Dia 20 de agosto, Dia do Emigrante, que habitualmente é evocado em Mação, iremos voltar aquele jardim”, afirmou Vasco Estrela.

O autarca explicou que a obra se tratou “de uma requalificação do espaço que estava degradado. Não correspondia às necessidades do mundo atual e nem às obrigações ao nível da acessibilidade e da segurança”.

A obra, que representou um investimento de 130 mil euros, procurou substituir os equipamentos e mobiliários existentes por modelos, tipologias e estruturas mais atrativas e contemporâneas que fomentem a utilização do local, como também criar percursos pedonais acessíveis a pessoas com mobilidade condicionada e garantir condições de segurança para os utentes.

 

Cineteatro Municipal vai entrar em obra

Em Mação, não há quem fique indiferente aos 65 anos do Cineteatro ou do “Cinema” como a maioria da população lhe chama.

A construção do edifício, inaugurado nos anos 50, impulsionou o desenvolvimento local. Com um programa dedicado à sétima arte, alargado ainda a produções de teatro, o Cineteatro de Mação atraía públicos de toda a região. Projeto dos anos 50 do século passado, foi posteriormente sujeito a obras de adaptação nos anos 80. O edifício mantém atualmente as linhas mestras e memórias da sua traça primitiva.

Atualmente, a Câmara Municipal, pretende levar a efeito obras naquele equipamento que visem requalificar o espaço e que reúnam todas as condições de conforto e segurança nas várias atividades culturais que a Autarquia e os agentes culturais querem promover no concelho.

Vasco Estrela, presidente da Câmara Municipal, explicou que o Município pretende “criar ali outras condições para que o Cineteatro tenha mais condições ao nível da comodidade das pessoas, respeitando as normas vigentes, sem descaracterizar o edifício”.

Segundo avançou o autarca, para além de uma nova climatização, uma alteração no palco, no mobiliário, nos pavimentos, paredes e tetos, etc, vai ser substituída a cobertura do edifício ainda em fibrocimento.

 

Núcleo Museológico de Ortiga para preservar a tradição do rio  

O Núcleo Museológico de Ortiga está prestes a entrar em obra, num investimento de cerca de 200 mil euros.

O objetivo do Município é tornar a antiga escola primária da freguesia num polo Museológico das Artes da Pesca Tradicional no rio Tejo e abrir o novo equipamento em abril do próximo ano.

Para Vasco Estrela é uma “obra importante para Ortiga e para o concelho de Mação”, pois é um espaço que está “intimamente ligado com as tradições da localidade”.

“Estamos a falar de um tema [o Tejo] que esteve na ordem do dia pelas piores razões e este é um incentivo contrário. É falar do Tejo pela positiva, perpetuando a memória daquelas gentes a quem o rio e a pesca diz muito”, referiu o autarca, dando conta que “é um equipamento que vai enriquecer a freguesia e o concelho”.

No âmbito da intervenção, a Câmara vai manter a estrutura do edificado

principal, criando no seu interior uma zona de receção e duas salas principais, sendo uma destinada à exposição permanente e uma segunda às atividades relacionadas com a

temática do Núcleo Museológico.

A Autarquia vai ainda requalificar o exterior, criando uma extensão coberta para albergar um barco picareto e uma infraestrutura sanitária de apoio, bem como alargar o espaço de logradouro a Norte para criar um espaço de anfiteatro que possa abrir o renovado equipamento à comunidade de Ortiga.

 

Centro de Atividades Ocupacionais e Lar Residencial tem projeto aprovado

A Câmara Municipal quer avançar com a construção de um Centro de Atividades Ocupacionais e um Lar Residencial, no antigo quartel dos bombeiros.

Questionado sobre o ponto de situação do projeto anunciado há cerca de um ano, Vasco Estrela avançou que o projeto já foi aprovado pela Segurança Social. Estão a ser elaboradas as especialidades para avançarmos com a obra para concurso público. Portanto, prevejo que até ao final do verão possamos avançar com o projeto”.

A unidade, que surge em parceria com o Centro de Recuperação e Integração de Abrantes (CRIA), disponibiliza 20 vagas enquanto o Lar Residencial e conta com 30 camas, num investimento de cerca de 500 mil euros.

Para a reabilitação do edifício do antigo quartel, no largo dos Bombeiros, a Câmara de Mação já tem parte deste financiamento aprovado no âmbito do PARU.