Pesquisar notícia
terça,
21 set 2021
PUB
Concelhos

Hospital de Abrantes instala tendas de triagem de Covid-19 junto ao serviço de urgência (COM ÁUDIO)

16/03/2020 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) está esta segunda-feira, 16 de março, a instalar tendas que vão servir como hospital de campanha, no sentido de fazer triagem específica a casos suspeitos do novo coronavírus.

De referir que até às 15h15 desta segunda-feira, o CHMT não tinha nenhum caso confirmado de Covid-19.

Conforme apurou a Antena Livre no local, as tendas foram solicitadas pelo Conselho de Administração do CHMT às autarquias onde estão instaladas unidades hospitalares (Abrantes, Tomar e Torres Novas) e a medida já estava prevista há cerca de duas semanas, aquando de uma reunião do Conselho de Administração com os autarcas, no sentido de tomar medidas face ao novo coronavírus.

No caso de Abrantes, a autarquia pediu auxílio ao Regimento de Apoio Militar de Emergência (RAME), que disponibilizou duas tendas com cerca de 50 m2 cada. As tendas foram instaladas junto ao serviço de urgência médico-cirúrgica.

Foi ainda instalada uma terceira tenda, por parte da Proteção Civil (bombeiros).

De referir que além do hospital de Abrantes, foram ainda instaladas tendas no hospital de Tomar e Torres Novas - uma em cada (número inferior ao de Abrantes, que possui três tendas por ser aqui que se encontram a urgência médico-cirúrgica e os cuidados intensivos, existindo, por isso, maior possibilidade de afluência de doentes).

Em declarações aos jornalistas, a alferes Sousa, do RAME, explica que esta montagem de tendas partiu de "um pedido de apoio que foi feito ao Exército, e nós, RAME, em conjunto com Santa Margarida, montámos duas tendas de quatro arcos, insufláveis, impermeáveis, que servem para este tipo de situações".

"São muito úteis neste tipo de panoramas", acrescenta a fonte que diz ainda que existe capacidade para instalar mais tendas: "nós temos capacidade de resposta, todas as situações que surgirem tentaremos ao máximo dar-lhe resposta".

Junto ao local onde foram montadas as tendas esteve também o presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, que além de constatar que "o Exército reagiu a uma solicitação do Município" que surgiu de uma "reunião que fizemos com o Conselho de Administração do CHMT", referiu que era "necessário montar tendas para fazer a triagem, em vez de as pessoas entrarem diretamente nas urgências" no sentido de dar rapidamente "as respostas necessárias de modo a criar as melhores condições estruturais para acolher da melhor maneiras as pessoas, para lutarmos todos contra este inimigo invisível".

O presidente da autarquia realçou ainda a importância de criar condições para que "os profissionais de saúde possam fazer da melhor forma o seu trabalho". 

Ouça aqui as declarações do presidente da Câmara Municipal de Abrantes: