Pesquisar notícia
segunda,
21 jun 2021
Concelhos

Constância: Cerimónias do 10 de Junho sem Pomonas mas a celebrar Camões

8/06/2021 às 12:13
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Pelo segundo ano, face à situação de Pandemia não vai ser possível realizar as Pomonas Camonianas, no entanto, e porque o 10 de Junho - Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, é uma data de enorme simbolismo para Constância, a mesma vai ser assinalada na vila.

Às 15h00, junto ao Monumento a Camões, terá lugar a Deposição de flores ao que seguirá a cerimónia oficial do dia 10 de Junho. Este primeiro momento terminará, com a apresentação dos Quadros temáticos «Uma aula com Camões», pelos alunos da Escola Básica e Secundária Luís de Camões.

Um pouco mais tarde, às 16h00, no Largo Cabral Moncada, terá lugar a inauguração do Monumento aos Combatentes do Concelho de Constância, uma iniciativa do Núcleo da Liga dos Combatentes de Santa Margarida e da Câmara Municipal de Constância.

As iniciativas comemorativas do dia 10 de Junho - Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas terminarão no Jardim-Horto de Camões, às 18h00, com a Tertúlia de Poesia da Casa-Memória de Camões, intitulada «Camões revisitado».

A data marcará o retomar das atividades públicas da Associação da Casa-Memória de Camões em Constância, após sete meses em que estiveram suspensas devido à pandemia.

Não sendo possível utilizar o auditório da Casa-Memória, enquanto se mantiver a recomendação do distanciamento físico, uma vez que a sua dimensão, com essa condicionante, não permite acolher mais do que um reduzido número de pessoas, será o Jardim-Horto de Camões, neste período de tempo de final de primavera e de verão, a acolher as iniciativas programadas.

Assim, pelas 18 horas, no Planetário de Ptolomeu do Jardim-Horto de Camões, também recentemente melhorado, acontecerá uma sessão da Tertúlia de Poesia da Casa-Memória, denominada «Camões revisitado» ou, dito de outro modo, Camões pela voz de outros poetas. O objetivo é trazer à Tertúlia olhares sobre Camões (o homem, o poeta) e a sua obra, de uma forma muito abrangente, seja pela temática, pelo mote, pela forma, pela estrutura...

No dia 10 de Junho, como também é habitual, o Jardim-Horto estará de portas abertas, sendo gratuita a entrada e livre a participação nas atividades. Durante a tarde, Camões, ele próprio, representado pelo ator Carlos Petisca, proporcionará visitas guiadas ao Jardim a quem pretenda acompanhá-lo.

No âmbito desportivo, nas 24 horas dia 10 de junho vai decorrer em Constância uma Orientação Geocaching, uma prova que terá um percurso que decorrerá pela área de Constância e concelhos limítrofes.

As Cerimónias do 10 de Junho serão transmitidas através da página de Facebook e do canal de Youtube do Município.

 

As Pomonas Camonianas

Recorde-se que as Pomonas Camonianas decorrem sempre por ocasião do dia 10 de junho, contando com uma organização conjunta da Câmara Municipal, da Associação Casa-Memória de Camões e do Agrupamento de Escolas de Constância.

As Pomonas Camonianas, que este ano cumpririam a sua XXV edição, são um grandioso evento cultural que pretende homenagear Camões, a época em que o épico viveu e a sua ligação à vila de Constância. Todos os anos pelo 10 de Junho, Dia de Camões, Constância celebra Camões e a sua relação com o épico, realizando as Pomonas Camonianas, uma exposição-venda das flores e dos frutos referidos pelo poeta na sua obra (mercado quinhentista), evocando os tempos em que Camões aqui terá vivido. São protagonistas os alunos de todos estabelecimentos de ensino do concelho, da creche à escola secundária, incluindo a Universidade Sénior, que, com a colaboração dos seus professores, dos pais e encarregados de educação, das animadoras e do pessoal não docente, representam figuras da época, animam o mercado, declamam poesia e apresentam danças quinhentistas, numa manifestação festiva de apropriação coletiva da memória de Camões.