Pesquisar notícia
sábado,
18 set 2021
PUB
Concelhos

Mação: Autarquia aposta em Centro de Negócios para a captação de novas empresas

30/06/2017 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Sexta-feira, dia 30 de junho, é inaugurado o Centro de Negócios de Mação com a presença do Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos.

O Centro de Negócios / Ninho de Empresas de Mação é um projeto da Câmara Municipal de Mação que consistiu na requalificação de edifícios industriais já existentes para a instalação de empresas a preços competitivos, tendo em consideração a qualidade do espaço e o elevado potencial para o desenvolvimento de atividades empresariais.

O presidente da Câmara Municipal explicou que se trata de um “investimento avultado do Município”, de mais de 700 mil euros, “feito exclusivamente a partir do Orçamento Municipal e onde pretendemos ter um espaço para as empresas poderem desenvolver as suas atividades a preços muito competitivos, diria mesmo simbólicos. É o culminar de um processo que se iniciou há cerca de um ano e meio, com a aquisição de uns pavilhões devolutos e pensamos que ao criar esta obra, estamos a ajudar e a contribuir para a criação, aparecimento e fixação [de novas empresas], e também para a solidificação de algumas empresas que já possam existir no nosso concelho”, avançou Vasco Estrela.

O objetivo passa por dotar o Concelho de um Centro de Negócios, onde os empresários encontrem espaços físicos autónomos para poderem estabelecer as suas atividades de uma forma cómoda, versátil e acessível e, assim, formar um ninho de empresas.

Os edifícios, que pertenciam a uma antiga empresa de transportes, foram adaptados através da construção de divisórias por forma a constituir 29 módulos individuais que poderão ser disponibilizados em função das necessidades de cada empresa. Há ainda a possibilidade de se somarem para gerar espaços de 2, 3 ou mais módulos para permitir aos seus futuros utilizadores uma conveniente organização e gestão da sua atividade.

De referir que este Centro de Negócios tem como filosofia a partilha de espaços e equipamentos comuns, como as salas de reuniões, salas de formação, serviços administrativos e de segurança.

Por ser constituído por três edifícios autónomos, o Centro de Negócios possibilita a instalação de empresas/negócios mais industriais, tecnológicos, de serviços, de prestadores serviços, de armazéns de várias tipologias e consequente diversidade de negócios.

O Centro de Negócios / Ninho de Empresas fica situado na zona industrial das Lamas.

Patricia Seixas