Pesquisar notícia
quarta,
22 set 2021
PUB
Concelhos

Abrantes: Praça Central de São Miguel do Rio Torto vai ser requalificada

24/02/2017 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Câmara Municipal de Abrantes vai apoiar financeiramente a obra de requalificação da Praça Central de São Miguel do Rio Torto, que será transformada em zona de lazer polivalente, a executar pela União de Freguesias de S. Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo, sendo apoiada por mecenas e empresas privadas.

Ao abrigo de um contrato interadministrativo de delegação e competências a estabelecer entre a Câmara e a União de Freguesias, o Município irá apoiar a obra com o valor de €73.310 (o total do investimento está orçado em cerca de €230.906,00 + IVA) que será destinado à introdução de arborização, pavimentação, instalação de equipamentos de recreio e lazer (bancos, parque infantil e “ginásio” ao ar livre) e  instalações sanitárias publicas.

Segundo a informação do Município, o projeto prevê a demolição do polidesportivo atualmente existente no espaço da praça central.  Uma vez que este equipamento demonstrou ao longo dos anos ter grande capacidade de atração da população local, a Casa do Povo de S. Miguel do Rio Torto adquiriu um terreno contíguo às suas instalações e projetou a realização de novo equipamento, tendo já garantido parte do seu financiamento junto de entidades e empresas locais e nacionais.

Tratando-se de um elemento da rede concelhia de equipamentos de recreio e lazer e porque importa continuar a proporcionar a existência deste tipo de espaços em zonas rurais, com interesse para a comunidade local, entendeu a Câmara Municipal apoiar a concretização do projeto. Para isso, irá estabelecer um acordo de colaboração com a Casa do Povo local, através do qual apoiará com uma verba no valor de €35.880 (o total do investimento é de €156.000+ IVA), finaliza a informação.

Noticia relacionada:

http://www.antenalivre.pt/noticias/abrantes-camara-aprova-contratos-interadministrativos-para-delegacao-de-competencias-nas-juntas-de-freguesia

Crédito:DR