Abrantes: Pandemia adia Feira de S. Matias

2021-01-12

O presidente da Câmara Municipal de Abrantes deu conhecimento esta terça-feira, 12 de janeiro, que depois de acertado com a saúde pública e devido aos números da pandemia na região, “não existem condições para a realização da Feira de S. Matias”.
De recordar que o concelho de Abrantes permanece em situação de risco elevado de contágio e, como explicou Manuel Jorge Valamatos, “esta situação deixa-nos preocupados e é óbvio que é consequência da ação de cada um de nós. Todos, individualmente e em conjunto, temos que estar muito atentos à situação”.
Aguardando ainda as novas medidas de contenção da pandemia que o Governo e DGS irão tomar, o autarca disse estarem “atentos e iremos agir em conformidade”.
Com os números a aumentarem diariamente no Médio Tejo, Manuel Jorge Valamatos assumiu que o Executivo tinha que tomar uma posição relativamente à realização da Feira de S. Matias, algo “que tentámos até ao último momento e era desejável que assim fosse, mas a Feira tinha que começar a ser preparada daqui a uns dias e havia operadores que tinham que começar a descolar-se para Abrantes para iniciar os trabalhos de preparação da Feira”.
Assim sendo, e “de acordo com as conversas mantidas com a Dr.ª Maria dos Anjos Esperança, que é a responsável pela Saúde Pública da nossa região, não existem condições para concretizarmos esta Feira este ano”.
Manuel Jorge Valamatos explicou que “o aumento exponencial dos números evidencia fragilidades enormes e não podemos arriscar nem, obviamente, contrariar aquilo que são as orientações da Direção-Geral da Saúde”.
A Feira de S. Matias, que tinha data marcada para meados de fevereiro, fica assim adiada “para ou outro momento ainda este ano em que se possa concretizar ou adiada para o próximo ano” por não existirem condições devido à pandemia.