Abrantes: Obra no Vale da Fontinha está parada. Câmara avança que o prazo de conclusão vai ser cumprido

Concelhos 2019-02-08
Vale da Fontinha em obra
Vale da Fontinha em obra

João Caseiro Gomes, vice-presidente da Câmara Municipal, confirmou hoje que a obra no Vale da Fontinha, em Abrantes, “está parada” há cerca de um mês, quando questionado pelo vereador da oposição Rui Santos (PSD).

Na reunião de Câmara, o vice-presidente justificou a paragem da empreitada devido a dois motivos. O primeiro está relacionado “com as condições atmosféricas”, sobretudo “devido às chuvas”.

“Como sabem aquela zona tem muitas movimentações de terras e verificámos que ao mexermos nas terras, neste período de chuva, iriamos criar um grande lamaçal. E a obra, mediante o seu cronograma, está adiantada”, salientou João Caseiro Gomes, tendo adiantado que a empreitada está 4 meses avançada em relação à previsão de execução.

O outro motivo prende-se com os muros que estão a fazer a consolidação das terras e que são constituídos com pedras, em concreto com seixo rolado do rio Tejo. “Nesta altura, com a subida dos caudais, a empresa que faz a extração da pedra fez uma paragem e só vai retomar os trabalhos a partir do dia 15 de fevereiro. Como não iria comprometer a execução da obra, achamos por bem esperar e manter as mesmas pedras, utilizando a matéria prima da nossa região”, referiu. 

Na ocasião, João Caseiro Gomes lembrou ainda que com o termino daquela obra, o espaço fica capacitado para acolher o mercado semanal da cidade, para receber em 2020 a Feira de São Matias e para ser uma bolsa de estacionamento aos utilizadores do centro histórico.

Nesta fase, a obra, que representa um custo na ordem de 1 milhão de euros, contempla a pavimentação daquele espaço, a colocação de passeios e de todas as infraestruturas.

O seu termino está previsto para o próximo mês de maio.

Reunião de Câmara de hoje