Pesquisar notícia
domingo,
19 set 2021
PUB
Concelhos

Abrantes: Município adere à Confraria Ibérica do Tejo

18/05/2017 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Foi aprovada por unanimidade na reunião do Executivo da Câmara Municipal de Abrantes, realizada na terça-feira, a proposta de adesão do Município abrantino à Confraria Ibérica do Tejo, uma associação que tem por missão promover e defender a sustentabilidade da bacia hidrográfica do rio em várias vertentes.

Maria do Céu Albuquerque, Presidente de Câmara de Abrantes, em declarações à Antena Livre afirmou que “é expectável que esta confraria faça “lobby” na verdadeira acensão da palavra para a defesa do património, o rio Tejo, quer do ponto de vista ambiental, cultural e da atividade económica”.

Com esta Confraria foi proposto uma união dos Municípios, organizações da sociedade civil não-governamentais e todos os parceiros que quiserem contribuir para, “a valorização de um dos maiores ativos a nível da Península Ibérica”, aludiu Maria do Céu Albuquerque.

Com várias iniciativas, a Confraria Ibérica do Tejo pretende promover congressos, ações de sensibilização e mobilização.

Relativamente às descargas poluidoras no Tejo, a presidente avançou que “não tem acontecido nos últimos tempos, sabemos que o Governo tem feito um trabalho de vigilância e punitivo relativamente aos infratores, práticas enraizadas que não se alteram de um dia para o outro, mas que devem ser acompanhadas, fiscalizadas e monitorizadas”.

Maria do Céu Albuquerque referiu ter a ambição da cidade “ter uma praia fluvial no rio Tejo” e que “infelizmente não tem sido possível por via das condições que são necessárias”.

A presidente fez ainda referência à “valorização das redes de drenagem e de tratamento das águas residuais, nomeadamente em todas as ETARS que drenam direta ou indiretamente para o rio” e disse esperar que esta nova Confraria seja uma ajuda na defesa do Tejo.

Fátima Saraiva_ Estagiária ESTA