Pesquisar notícia
sábado,
18 set 2021
PUB
Concelhos

Abrantes: IV Encontro Ibérico do Azeite já começou

10/03/2017 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Iniciou-se esta manhã, em Abrantes, o IV Encontro Ibérico do Azeite. Até ao próximo domingo, especialistas portugueses e espanhóis da fileira do azeite irão debater várias temáticas no Simpósio Técnico, que está a decorrer no Cine Teatro S. Pedro.

Na sessão de abertura, Maria do Céu Albuquerque, presidente da Câmara Municipal de Abrantes, deu as boas-vindas aos participantes, divulgou as atividades que vão ter lugar ao longo dos três dias do certame e disse que “o que pretendemos com esta iniciativa é reforçar a identidade abrantina na promoção e na produção do azeite, tendo como referência a nossa história, as nossas potencialidades mas também o trabalho que temos vindo a fazer em conjunto, para a produção, divulgação e comercialização do azeite. Queremos valorizar este nosso recurso endógeno, sempre assente na tradição, mas também projetando-o com uso das novas tecnologias”.

“Abrantes fez, e tem vindo a fazer um conjunto muito grande de investimentos, como a Escola Profissional de Desenvolvimento Rural, que há mais de 20 anos forma homens e mulheres que dão cartas neste setor aqui em Abrantes e um pouco por todo o mundo; também o Centro de Transferência de Tecnologia Alimentar, com uma fileira específica destinada a trabalhar esta matéria numa parceria com a EPDRA; a criação de condições para que a Tagus, Associação de Desenvolvimento Local tenha, no nosso território, mais de 20 anos a gerir os fundos comunitários também destinados ao estímulo à produção agrícola”, especificou a presidente.

Presente na sessão de abertura esteve também o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, que começou por dar os parabéns à Câmara de Abrantes pela organização do Encontro.

O governante referiu que “estes simpósios têm reconhecidamente assumido um papel relevante na afirmação da fileira do azeite, dando visibilidade a um setor de sucesso na agricultura portuguesa”, pois “o setor do azeite tem vindo a ganhar peso na economia nacional”.

Luís Medeiros Vieira relembrou que “quando há dez anos atrás o setor estava em declínio e que era assumido por todos que Portugal não seria mais capaz de atingir patamares de excelência, quer em termos de produção, quer em termos de qualidade, a prova é que, com a determinação dos nossos agricultores, com a capacidade e dinâmica dos nossos empresários, foi possível dar-mos a volta e podemos dizer que na última década Portugal acordou para este setor”.

O Simpósio Técnico vai então decorrer entre sexta-feira e sábado mas, no castelo da cidade, tem lugar até domingo, o Fórum do Azeite. Com um palco privilegiado, o Fórum contará com diversas e diferentes atividades durante os três dias do Encontro. A entrada e a participação nas atividades são grátis. O espaço vai acolher azeites não só da nossa, mas também de outras terras (Beira Interior, Beira Alta, Alto e Baixo Alentejo, Trás-os-Montes e da Província da Extremadura).

Como novidade, de salientar que esta edição conta também com expositores da área do Olivoturismo.