Abrantes: D. Manuel entrega Foral à cidade este sábado

Concelhos 2019-05-15

Já está na rua o arauto que anuncia a Entrega do Foral Manuelino que decorre no sábado, dia 18 de maio, às 21h30, na Praça Raimundo Soares. “A chegada deste rei tão importante, D. Manuel, rei dos Descobrimentos”.

A iniciativa realiza-se por ocasião das comemorações evocativas do Dia Internacional dos Museus e dos 500 anos da entrega do Foral a Abrantes e propõe oferecer um espetáculo de muito simbolismo, apresentado em dois atos distintos, o primeiro ainda no século XVI, recriando historicamente o acontecimento e um segundo em que as personagens do passado e do presente partilharam o mesmo espaço cénico.

O Foral Manuelino foi concedido a Abrantes, pelo rei D. Manuel I, em 1518, um instrumento de autonomia e liberdade do concelho.

“O Foral Manuelino é um documento administrativo que, em Abrantes, começa a ser escrito em 1510 mas só é entregue à cidade em 1518”, começa por explicar o vereador da cultura.

Luís Filipe Dias diz que “ao longo do ano temos feito um conjunto de iniciativas com as escolas, inclusivamente com algum trabalho do Arquivo Municipal, para promover este documento que se encontra à guarda do Arquivo Municipal mas que também está no Instituto dos Arquivos Nacionais, na Torre do Tombo”.

O que se pretende com esta iniciativa, que assinala o Dia Internacional dos Museus, “é evidenciar neste exercício de memória aquilo que poderá ser um diálogo muito interessante entre o que aconteceu há 500 anos, com a entrega do Foral a Abrantes pelas mãos do rei D. Manuel. Por outro lado, fazer aqui uma analogia com o que hoje acontece no âmbito do processo da descentralização administrativa que também será evidenciado nesta cerimónia”.

“A história de Abrantes está repleta de episódios muito marcantes na história de Portugal e são esses momentos que queremos enaltecer nesta recriação histórica, com os reflexos que teve na história de Portugal”, afirma o vereador.

Fotos: Município de Abrantes