Abrantes: Bombeiros apresentam orçamento superior a 1 milhão de euros

Concelhos 2019-02-04

O Orçamento e Plano de Atividades para 2019 da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Abrantes (AHBVA) foram apresentados no dia 25 de janeiro.

O Orçamento para 2019 é de 1.094.312 euros e os objetivos estão centrados “na redução de custos de funcionamento”, “no aumento do Fundo de Resiliência” para garantir a estabilidade financeira da associação e na “diversificação de fontes de financiamento”, referiu João Furtado, presidente da AHBVA, na reunião de Executivo de Abrantes, no dia 25 de janeiro.

“Em 2017, tivemos um saldo negativo de 165 mil euros. Foi o ano terrível em termos de incêndios florestais. Contudo, este valor foi praticamente anulado nos meses seguintes porque eram pagamentos em atraso da Autoridade de Proteção Civil (ANPC)”, começou por explicar o presidente.

João Furtado na reunião de câmara

Em relação ao orçamento de 2019, João Furtado falou de “um orçamento relativamente reduzido”, com uma previsão de gastos no valor de 1.094.312,00 euros e de rendimentos de 1.106.131,00 euros.

A nova aposta para 2019 no combate a incêndios florestais prende-se com a Equipa de Intervenção Permanente, uma equipa de 5 bombeiros mais 1 operacional, que “deverá permitir o desenvolvimento de projetos e missões diferenciadas”.

“No período crítico queremos deslocar esta equipa para o norte do concelho, sendo o local do seu pré- posicionamento, que pode operar dois veículos pesados”, salientou João Furtado, dando conta que a equipa poderá operar os dois veículos em permanência, “tendo uma primeira intervenção com uma dimensão significativa”.

Para 2019, o presidente explicou que a estratégia de combate deve permitir prever a “geometria da progressão do incêndio, as zonas críticas e as zonas de oportunidade de combate”.

Assim, a AHBVA pretende “prever o comportamento, planear a resposta” e realizar um “combate proativo e antecipado”.

Em termos de posicionamento no território, para além da sua sede física, o quartel dos bombeiros, a AHBVA terá um Posto Avançado Norte, na zona norte do concelho, com equipas de vigilância e patrulhamento ativo. E um Posto Avançado Sul, com uma equipa preposicionada em Rossio ao Sul do Tejo, com um veículo de combate pesado.

Quanto às ações estratégicas prioritárias, o plano de atividades da AHBVA refere ainda o apoio à implementação da Aldeia Segura, o Plano de Resposta Operacional a Incêndios Florestais, o Projeto de Socorro Próximo e a Acreditação como Entidade Formada nas seguintes áreas: Suporte Básico com Desfibrilhador; Tripulante de Ambulância de Transporte e Tripulante de Ambulância de Socorro.