Pesquisar notícia
sábado,
18 set 2021
PUB
Concelhos

Abrantes: Azinheira do Monte do Barbeiro vence Concurso Nacional. Oliveira do Mouchão não alcança votos suficientes

21/11/2018 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Oliveira do Mouchão, em Mouriscas, não conseguiu ganhar o concurso nacional que habilitava a árvore do concelho de Abrantes a ser a Árvore Europeia do Ano.  A Oliveira do Mouchão ficou em 7º lugar com 1.618 votos.

A azinheira secular do Monte do Barbeiro, com 150 anos, é assim a árvore portuguesa do ano, que vai representar o país no concurso europeu Tree of the Year.

O período de votação online terminou ontem às 23h59 (hora portuguesa) e deu a vitória à azinheira secular do Monte do Barbeiro.

A árvore está situada em Mértola, no Alentejo, e foi a mais votada entre as 29 candidaturas, sendo a sua grandiosidade descrita pela sua sombra.

“Sentarmo-nos debaixo da sua copa faz com que o calor abrasador do Alentejo nos pareça suportável e nos permita contemplar a vastidão da planície envolvente respirando a sua tranquilidade”, lê-se no ‘site’ onde as votações decorreram até terça-feira.

A azinheira secular do Monte do Barbeiro fazia parte de uma lista de 10 finalistas, escolhidas entre 29 candidaturas apresentadas, por um júri especialista constituído por Ana Luísa Soares, António Bagão Félix, Nuno Mendes Calado, Paulo Tenreiro e Rui Queirós.

A árvore, da espécie Quercus Rotundifolia Lam, vai representar Portugal no concurso europeu, em 2019, a decorrer durante o mês de fevereiro.

O concurso da Árvore Europeia do Ano visa encontrar a árvore com a história mais interessante.

C/Lusa

Notícia relacionada:

https://www.antenalivre.pt/noticias/mouriscas-oliveira-do-mouchao-candidata-a-arvore-do-ano-2019