Pesquisar notícia
terça,
21 set 2021
PUB
Concelhos

13 de Abril: O retrato do concelho de Mação no seu feriado municipal

13/04/2020 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Hoje, 13 de abril, segunda-feira de Páscoa, é o dia feriado municipal em Mação, muito embora não costume ter grandes festividades. Essas concentram-se, habitualmente, nas Festas do Concelho, em julho.

Em dia de Mação deixamos o retrato do concelho de acordo com 54 factos estatísticos, compilados pela PORDATA da Fundação Francisco Manuel dos Santos. Este é um projeto que vai continuar ao longo de todo o ano no dia dos Feriados Municipais respetivos.

A PORDATA compilou 54 indicadores-chave do município de Mação, baseados em mais de 20 fontes oficiais, que comparam dados de 2010 com a realidade mais recente, que é o ano de 2018.

Os dados divulgados permitem uma comparação entre 2010 e 2018, sendo este o ano mais recente em todos os indicadores fornecidos pela Fundação.

No retrato rápido, Mação apresentava em 2018, ano mais recente dos dados, 6388 habitantes, menos 1063 do que em 2010. Um dos dados apurados é que em 2018 por cada mil residentes em Mação 15 eram estrangeiros. Com uma superfície de 400 Km2 a densidade populacional (número médio de indivíduos por Km2) é de 16.

Preocupante é o envelhecimento do território que faz a fronteira entre o Ribatejo, a Beira e o Alentejo. Por cada 100 residentes Mação registava sete jovens com menos de 15 anos, 57 adultos e 36 idosos com mais de 65 anos. Face a políticas de incentivo à natalidade em 2018 o concelho registou 28 nascimentos em contraste a 160 óbitos.

Quer isto dizer que Mação tinha, em 2018, 492 idosos por cada 100 jovens, um valor muito superior à média nacional que é de 334 idosos por cada 100 jovens. Ainda segundo o mesmo relatório em 2018 o concelho teve apenas sete casamentos. No mesmo ano Mação tinha um registo de habitação familiar clássica de 7066 fogos com um preço médio de avaliação bancária de 750 € por m2.

No ensino, o concelho tem 651 alunos matriculados nos ensinos pré-escolar, básico e secundário. Mação tinha um registo de três escolas do pré-escolar, três do primeiro ciclo do ensino básico e uma do secundo e terceiro ciclo e secundário. Por cada 100 residentes com 15 ou mais anos, há 63 pensões atribuídas pela Segurança Social e pela Caixa Geral de Aposentações.

Nos indicadores financeiros, 889€ é quanto ganham em média os trabalhadores por conta de outrem no município de Mação, 278€ abaixo do ganho médio a nível nacional, no ano a que se reportam os dados.

Na economia, o concelho tinha cinco alojamentos turísticos, mais cinco do que em 2010, tinha igualmente cinco farmácias e dois bancos, menos 1 que em 2010, e havia também o registo de sete caixas multibanco. Em 2018 eram 689 as empresas não financeiras que davam emprego a 1468 pessoas.

Já nos indicadores financeiros do município, o saldo financeiro de 2018 era de +2.103 mil € (teve como receitas 11,4 Milhões € enquanto que as despesas apresentadas foram de 9,4 Milhões € . Ainda na análise da PORDATA 13% das despesas da autarquia foram destinadas à cultura e desporto com valor superior ao de 2010 (10% do total das despesas) e 9% das despesas do município são relativas ao ambiente, 1 ponto percentual acima do valor registado a nível nacional (8%).

Nos indicadores o valor médio de avaliação bancária da habitação foi de 750 € por m2, 442 € inferior à média nacional.

Noutros dados, o concelho apresentava no último ano de referência do estudo 209 trabalhadores da administração local, 3106 pensões da Segurança Social, 63 da Caixa Geral de Aposentações, 114 beneficiários de Rendimento Social de Inserção e 158 desempregados inscritos nos Centros de Emprego.

As fontes oficiais utilizadas pela PORDATA foram: INE, ANSR, APA, BP, CGA, DGAL, DGEEC, DGEG, DGO, DGPJ, DGS, ERSAR, GEE, GEP, ICA, IGP, IISS, ISS, SEF, SGMAI e SIBS.

Pode consultar os dados comparativos 2010/2018 AQUI.